Mulheres na Física Médica no Brasil: principais características e desafios

Janaína Dutra Silvestre Mendes, Simone Kodlulovich Renha, Lidia Vasconcellos de Sá

Resumo


Este artigo apresenta o recente campo da Física Médica como espaço deanálise das questões de gênero. Fazemos uma revisão de literatura parelha ao estudode dados levantados nos últimos anos sobre a inserção e permanência das mulheres naFisica Médica. Longe de expor resultados finais, apresentamos discussões com intuitode contribuir para a reflexão sobre a criação de políticas de inserção feminina neste campo razoavelmente jovem.

Palavras-chave


física médica; gênero; trabalho feminino

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22409/rg.v16i1.746

Apontamentos

  • Não há apontamentos.