Histórias que navegam pelo rio: narrativas de populações ribeirinhas

Adriana Rodrigues Domingues, Letícia Nicoluci Nobre, Nathany dos Santos Regina

Resumo


Este artigo relata as experiências de um projeto de história oral desenvolvido em comunidades ribeirinhas que vivem à margem do Rio Solimões no Estado do Amazonas e discute a importância da narrativa e da memória individual e coletiva para os moradores locais. O texto apresenta trechos extraídos de um livreto publicado em 2014 que relata as histórias dos moradores mais antigos de 5 comunidades contempladas pelo projeto, abordando as formas e os desafios de viver na floresta amazônica. A experiência narrativa é aqui considerada como uma tentativa de evitar um processo de esquecimento das histórias dessas comunidades, visando a reconstrução e ressignificação de fatos do passado, mas também a valorização da memória coletiva como forma de enraizamento e produção do comum frente às formas de dominação tecnológica e expropriação da cultura local.

Palavras-chave


comunidades ribeirinhas; história oral; narrativa; enraizamento.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22409/ayvu.v3i1.22213

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

A Ayvu: Revista de Psicologia tem por objetivo favorecer a produção e a livre circulação de ideias que contribuam para a construção de uma Psicologia concernida com sua diversidade interna, suas múltiplas interfaces, o exame crítico de si e de seu tempo, assim como suas implicações teóricas e éticas. Para tanto, opera em regime de fluxo contínuo, publicando artigos originais e inéditos, traduções, entrevistas e resenhas.

Convidamos todas e todos que compartilham dos nossos objetivos a conhecer nossas publicações, e a contribuir com a produção de novos materiais.

Boas leituras!


Equipe editorial

Ana Cabral Rodrigues, Universidade Federal Fluminense (UFF)

Augusto Cesar Freire Coelho, Universidade Federal Fluminense (UFF)

Camilo Barbosa Venturi, Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)

Gustavo Cruz Ferraz, Universidade Federal Fluminense (UFF)

Thiago Constâncio Ribeiro Pereira, Universidade Federal Fluminense (UFF)