Aproximações entre a empatia de Edith Stein e a preocupação materna primária de Winnicott

André Luiz de Oliveira, Andrés Eduardo Aguirre Antúnez

Resumo


O artigo discute uma aproximação entre dois autores, Edith Stein da fenomenologia e Winnicott da psicanálise, para refletir a ética da clínica psicológica. Colocam-se em diálogo dois conceitos, o de “preocupação materna primária” de Winnicott e o de “empatia” na fenomenologia de Edith Stein. Nota-se que os conceitos discutidos se referem a algo que existe no ser humano que é anterior a percepção e a todos os processos cognitivos e cognoscitivos, algo que é da ordem do ontológico. Tal aproximação mostra que ambos os autores entendem que há um aspecto que é fundamentalmente humano na constituição do sujeito, e esse possibilita a intersubjetividade. Nas implicações para a clínica, acreditamos que o que é fundamentalmente humano possibilitando a intersubjetividade se funda no reconhecimento da alteridade e no cuidado ético do ser humano em relação ao outro.


Palavras-chave


Edith Stein; Donald Winnicott; empatia; preocupação materna primária.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22409/ayvu.v4i2.22241

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

A Ayvu: Revista de Psicologia tem por objetivo favorecer a produção e a livre circulação de ideias que contribuam para a construção de uma Psicologia concernida com sua diversidade interna, suas múltiplas interfaces, o exame crítico de si e de seu tempo, assim como suas implicações teóricas e éticas. Para tanto, opera em regime de fluxo contínuo, publicando artigos originais e inéditos, traduções, entrevistas e resenhas.

Convidamos todas e todos que compartilham dos nossos objetivos a conhecer nossas publicações, e a contribuir com a produção de novos materiais.

Boas leituras!


Equipe editorial

Ana Cabral Rodrigues, Universidade Federal Fluminense (UFF)

Augusto Cesar Freire Coelho, Universidade Federal Fluminense (UFF)

Camilo Barbosa Venturi, Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)

Gustavo Cruz Ferraz, Universidade Federal Fluminense (UFF)

Thiago Constâncio Ribeiro Pereira, Universidade Federal Fluminense (UFF)