O processo de conhecer e a produção da realidade: reflexões para a atuação em psicologia

Diogo Ximenes Rocio, Renata Fischer da Silveira Kroeff, Poti Quartiero Gavillon, Cleci Maraschin

Resumo


O presente artigo tem como objetivo discutir a relação sujeito-objeto e o estatuto da realidade mediante o contraste entre três abordagens: representacionismo, solipsismo e teoria da autopoiese. Utilizamos como recurso narrativo o entrelaçamento entre as proposições explicativas dessas perspectivas e a descrição de uma jornada conceitual realizada por um personagem: um estudante de psicologia. A partir da discussão proposta, abordamos o fenômeno do conhecer como possibilidade de performar realidades e refletimos sobre a relevância que os pressupostos teóricos de cada corrente de pensamento apresentam para a formação profissional na área da psicologia.



Palavras-chave


autopoiese; representacionismo; solipsismo; psicologia; conhecimento; cognição.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22409/ayvu.v4i2.22244

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

A Ayvu: Revista de Psicologia tem por objetivo favorecer a produção e a livre circulação de ideias que contribuam para a construção de uma Psicologia concernida com sua diversidade interna, suas múltiplas interfaces, o exame crítico de si e de seu tempo, assim como suas implicações teóricas e éticas. Para tanto, opera em regime de fluxo contínuo, publicando artigos originais e inéditos, traduções, entrevistas e resenhas.

Convidamos todas e todos que compartilham dos nossos objetivos a conhecer nossas publicações, e a contribuir com a produção de novos materiais.

Boas leituras!


Equipe editorial

Ana Cabral Rodrigues, Universidade Federal Fluminense (UFF)

Augusto Cesar Freire Coelho, Universidade Federal Fluminense (UFF)

Camilo Barbosa Venturi, Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)

Gustavo Cruz Ferraz, Universidade Federal Fluminense (UFF)

Thiago Constâncio Ribeiro Pereira, Universidade Federal Fluminense (UFF)