Política de língua nos manuais de publicidade

Rosane da Conceição Pereira

Resumo


Este artigo é uma análise de alguns manuais e códigos brasileiros sobre publicidade.  Apresenta uma comparação entre os usos prescritos e os efetivos da linguagem verbal e não-verbal.  Conclui com a afirmação de uma eficácia efetiva contra a suposição de prescrições válidas.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.
';



 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional


Indexada em

logosumarios_185 

latindex_200