Crise (da crise) do marxismo no Brasil: breve explanação

Robson Ferreira Farias

Resumo


O desiderato de fundo consistiu em perfilar, de modo sintético, uma compreensão sobre as alguns dos principais processos atravessados pelo marxismo no Brasil. Primando, mormente, por destacar a relação entre marxismo e partido comunista, marxismo e universidade, marxismo e crise. O esforço metodológico se ancorou sobre uma incipiente inspeção da literatura específica em torno do tema. A conclusão fulcral a que chegamos é a de que, conquanto seja inegável a ocorrência de um paroxismo envolvendo a corrente marxista no transcurso de nossa história nacional, não se deduz daí que 1) tal crise sugira algo definitivo, 2) seja ela de todo estranha à tradição marxista e 3) invalide a possibilidade de reestruturação dialética do materialismo histórico.


Palavras-chave


marxismo, crise, universidade

Texto completo:

PDF

Referências


ANDERSON, Perry. A Crise da Crise do Marxismo: introdução a um debate contemporâneo. 3. ed. São Paulo: Brasiliense, 1987. 123 p.

ARANTES, Paulo Eduardo. Origens do Marxismo Filosófico no Brasil: José Arthur Giannotti nos anos 60. In: MORAES, João Quartim de (Org.). História do Marxismo no Brasil: Influxos teóricos. 2. ed. Campinas, Sp: Unicamp, 2007. p. 127-186.

COUTINHO, Carlos Nelson. O Gramsci no Brasil, recepção e usos. In: MORAES, João Quartim de (Org.). História do Marxismo no Brasil: Teorias. Interpretações. 2. ed. Campinas, Sp: Unicamp, 2007. p. 151-193.

DEL ROIO, Marcos. Os comunistas, a luta social e o marxismo (1920-1940). In: RIDENTI, Marcelo; e REIS FILHO, Daniel Aarão (orgs.). História do Marxismo no Brasil: Partidos e organizações dos anos 1920 aos 1960, vol. V. Campinas: Editora da UNICAMP, 2007.

FÁVERO, Maria de Lourdes. Da universidade "modernizada" à universidade disciplinada: Atcon e Meira Mattos. São Paulo: Cortez, 1991. 150 p.

FILHO, Antônio Rago. Gênese e significado histórico do Seminário Marx, 2013. Disponível em: . Acesso em: 23 Jun. de 2019.

FREDERICO, Celso. A política cultural dos comunistas. In: MORAES, João Quartim de (Org.). História do Marxismo no Brasil: Teorias. Interpretações. 2. ed. Campinas, São Paulo: Unicamp, 2007. p. 337-372.

GORENDER, Jacob. Combate nas Trevas: das ilusões perdidas à luta armada. 2. ed. São Paulo: Ática, 1987. (Temas)

RUBIM, Antônio Albino Canelas. Marxismo, cultura e intelectuais no Brasil. In: MORAES, João Quartim de (Org.). História do Marxismo no Brasil: Teorias. Interpretações. 2. ed. Campinas, São Paulo: Unicamp, 2007. p. 373-469.

SILVA, Fabrício Pereira da. Vitórias na Crise: trajetórias das esquerdas latino-americanas contemporâneas. Rio de Janeiro: Ponteio, 2011.

VIEIRA, Sulamita. Caminhos das ciências sociais na UFC. Fortaleza: Edições UFC - Memorial da Ufc, 2016. 286 p.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Robson Ferreira Farias