IMPACTO DA POLÍTICA DE COTAS DE GÊNERO NAS ELEIÇÕES MUNICIPAIS DA MESORREGIÃO DO SUL E SUDOESTE DE MINAS GERAIS (2000 - 2016)

Zara Rego de Souza

Resumo


Este trabalho tem por objetivo analisar o impacto da política de cotas eleitorais de gênero nas eleições municipais ocorridas na Mesorregião do Sul e Sudoeste de Minas Gerais nos anos de 2000, 2004, 2012 e 2016. Os dados foram extraídos do sítio do TSE utilizando a linguagem R e analisados com técnicas de análise quantitativa, resultando em uma análise descritiva sintetizada em gráficos. Observou-se que o número de candidatas sempre foi desproporcionalmente maior que o número de eleitas ao longo do tempo. Os dados analisados neste trabalho sugerem que a reforma da lei de cotas em 2009 foi importante para forçar os partidos a lançarem mais mulheres na disputa eleitoral, entretanto, as medidas ainda não são suficientes para elegê-las.

Palavras-chave


Mulheres na Política. Eleições Municipais. Défict Democrático de Gênero. Cotas de Participação Feminina.

Texto completo:

PDF

Referências


ALVES, José Eustáquio Diniz; CAVENAGHI, Suzana Marta; ALCÂNTARA, Adeilton Pedro De. Participação das mulheres nas eleições de 2004: avaliação da política de cotas no Brasil. Revista Gênero, vol. 7, nº 2, p. 195-215, Niterói, 2007. Disponível em: . Acesso em 09 de dezembro de 2017.

ARAÚJO, Clara. Potencialidades e limites da política de cotas no Brasil. Estudos feministas, vol. 9, n. 1, p. 231-252, 2001. Disponível em: . Acesso em 05 de maio de 2018.

BARBOSA, Cláudia de Faria. Famílias - Pressupostos para a política local: sombra ou alicerce. 2008. 142 f. Dissertação (Mestrado) - Curso de Mestrado em Família na Sociedade Contemporânea, Universidade Católica de Salvador - Ucsal, Salvador, 2008.

BOHN, Simone. Mulheres brasileiras na disputa do legislativo municipal. Perspectivas, vol. 35, p. 63-89, São Paulo, jan./jun. 2009. Disponível em: . Acesso em 10 de maio de 2018.

BOLOGNESI, Bruno. A cota eleitoral de gênero: política pública ou engenharia eleitoral? Paraná Eleitoral, vol. 1, nº 2, p. 113-129, 2012. Disponível em: . Acesso em 10 de maio de 2018.

BRASIL. Procuradoria Especial da Mulher. Senado Federal. Mais mulheres na Política. 2. ed. Brasília: Secretaria de Editoração e Publicações - Segraf, 2015. 72 p. Disponível em: . Acesso em: 05 de fevereiro de 2018.

BRASIL. LEI Nº 9.504, DE 30 DE SETEMBRO DE 1997. Lei das eleições. Brasília, DF, set 1997. Disponível em: . Acesso em: 05 de fevereiro de 2018.

CHAVES, Adller Moreira. Mulheres na política Legislativa: literatura, discurso e prática. Revista Foco, vol. 10, nº 3, p. 106-124, ago./dez. 2017. Disponível em: . Acesso em 09 de dezembro de 2017.

IBGE. Cidades. Disponível em < https://cidades.ibge.gov.br/>. Acesso em 14 de maio de 2018.

MEIRELES, Fernando; ANDRADE, Luciana Vieira Rubim. Magnitude eleitoral e representação de mulheres nos municípios brasileiros. Revista Sociologia e Política, vol. 25, n. 63, p. 79-101, set. 2017. Disponível em:

-4478-rsocp-25-63-0079.pdf>. Acesso em 16 de maio de 2018.

SABINO, Maria Jordana Costa; LIMA, Patrícia Verônica Pinheiro Sales. Igualdade de gênero no exercício do poder. Estudos Feministas, vol. 23, nº 3, p. 713-714, Florianópolis, 2015. Disponível em:

/41762/30376>. Acesso em 09 de dezembro de 2017.

SACCHET, Teresa. Que reforma política interessa às mulheres? Cotas, sistema eleitoral e financiamento de campanha. In: IANONI, Marcus. (Org.). Reforma Política Democrática. São Paulo: Fundação Perseu Abramo, 2015, p. 153-175.

SAMPAIO, Jéssica de Martins; DE PAULA, Mariane Ferreira Pinto; MIRANDA, Adílio Renê Almeida. Mulheres na política: um estudo na Câmara Municipal de uma cidade do Sul de Minas Gerais. Revista Eletrônica de Ciência Política, vol. 7, nº 1, p. 85-97, 2016. Disponível em: . Acesso em 14 de maio de 2018.

SILVEIRA, Camila Souza; GARCIA, Edmar Augusto Semeão; BACOS, Raissa Maia. Representatividade política no Brasil: Reflexões sobre a cota de gênero. CSOnline - Revista Eletrônica de Ciências Sociais, Juiz de Fora, nº 23, p. 356-375, 2017. Disponível em: . Acesso em 14 de maio de 2018.

TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL. Eleições anteriores. Disponível em: . Acesso em 14 de maio de 2018.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Zara Rego de Souza