Qualidade microbiológica do Brycon microleps (piraputanga) de cativeiro e capturado no rio Cuiabá-MT

Cássia Aldrin de Mello, Emiko Shinozaki Mendes, Edivaldo Sampaio de Almeida Filho, Marilu Lanzarin, Simone Francisca de Lira, Márcia Maria de Souza Americano

Resumo


A bacia do rio Cuiabá, no estado de Mato Grosso, é uma das principais receptoras de esgotos domésticos e industriais, e poristo, os peixes capturados nesta região podem estar contaminados, sendo a criação de peixes em cativeiro uma alternativapara a obtenção de peixes de melhor qualidade microbiológica. Exemplares de Brycon microleps (piraputanga) oriundos dorio Cuiabá e também de cultivo em Mato Grosso, foram analisados quanto às bactérias heterotróficas aeróbias mesófilas,coliformes termotolerantes, Aeromonas spp. e Salmonella spp., nos meses de chuva e seca. Dos exemplares foramutilizados fígados, e para a comparação dos dados utilizou-se a correlação de Spearman e o teste de Kolmogorov-Smirnov.Verificou-se o efeito da sazonalidade (mês de coleta) sobre a contagem de bactérias heterotróficas aeróbias mesófilas,coliformes termotolerantes e Aeromonas spp., tanto em peixes capturados no rio como nos cultivados. As maiores contagensforam observadas no final do período seco e no início do período chuvoso, ou seja, nos meses mais quentes do ano, entreagosto e março. Foram isoladas A. hydrophila, A. caviae, A. sobria, Salmonella spp., Escherichia coli, Pantoea agglomerans,Serratia ficaria, Serratia rubidea, Edwardsiella tarda, Klebsiella oxytoca e Proteus vulgaris. Verificou-se que a probabilidadede ocorrência da contaminação por mesófilos em peixes capturados no rio é a mesma nos obtidos em cultivo.

Palavras-chave


peixe, Brycon microleps, contaminação, micro-organismos

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Brasileira de Ciência Veterinária - RBCV