Dilatação do ceco em bezerros: relato de casos

Rafael José da Silva, José Augusto Bastos Afonso da Silva, Nivaldo de Azevedo Costa, Carla Lopes de Mendonça

Resumo


A dilatação do ceco (DC) é um transtorno digestivo de natureza fermentativa com maior ocorrência em vacas de leite, sendo poucos os relatos sobre a sua ocorrência em bezerros. Portanto, este trabalho teve como objetivo relatar as manifestações clínico-cirúrgicas, laboratoriais e anatomopatológicas da DC diagnosticada em quatro bezerros, atendidos na Clínica de Bovinos, Campus Garanhuns da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). Ao exame clínico dos animais constatou-se um quadro de apatia, desidratação, alteração no apetite, motilidade do rúmen, abomaso e intestinos diminuída e ainda, fezes escassas e diarreicas. Observou-se um aumento na região da fossa paralombar direita e na auscultação, com auxílio da percussão, verificou-se uma ressonância timpânica (“tilintar”). O hemograma revelou uma leucocitose por neutrofilia com desvio para esquerda regenerativo, linfocitose e monocitose, e ainda, uma hiperfibrinogenemia. Na análise do fluido ruminal verificou-se uma elevação do teor de cloretos (>30mEq/L). Foi indicada uma laparotomia exploratória na região do flanco direito, em dois dos bezerros, sendo possível confirmar a DC. Em função da gravidade da lesão e condição clínica precária todos os animais vieram a óbito. Na necropsia, além da DC, foram evidenciadas alterações secundárias a esta enfermidade. Ratifica-se neste trabalho que a DC em bezerros é uma enfermidade de baixa ocorrência, podendo afirmar que o prognóstico é ruim na maioria dos casos, quando diagnosticada tardiamente.

 


Palavras-chave


Bovinos, clínica de ruminantes, distúrbio digestivo, intestino grosso, ressonância timpânica

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Brasileira de Ciência Veterinária - RBCV