Causas dos defeitos em conservas enlatadas de sardinhas colhidas no comércio varejista de Niterói/Brasil

Raquel Ferreira, Robson Maia Franco, Geraldo Abreu Oliveira

Resumo


Foram examinadas 600 latas de sardinhas no comérciovarejista de Niterói e Rio de Janeiro. Nestas, observou-seque 20 (3.33%) apresentavam defeitos de recravação, taiscomo: vêes, bicos e franjas, sendo que 45% estavam amassadase 76% estufadas.

Na análise microbiológica foi constatado, em 19 latascultura mista de microrganismos à microscopia de imersão.Na análise dos recipientes, estas mesmas latas apresentaramvazamentos através de furos ou defeitos de recravação.

A causa mais provável da deterioração do conteúdodestas latas é a contaminação pós-processamento.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Brasileira de Ciência Veterinária - RBCV