Clostrídios em condimentos utilizados em embutidos cárneos

Luiz Antonio Trindade Oliveira, Robson Maia Franco, José Prado Carvalho

Resumo


Em 35 amostras de diferentes condimentos vegetais,utilizados em embutidos cárneos, conforme metodologiarecomendada por Holdeman et ai. (1977) e Jürgensen eJürgensen (1982) foram isolados microrganismos do gêneroCiostridium. Nas análises efetuadas comprovamos apresença de clostrídios em 65,7% do total de amostras analisadas.Foram isolados, pelas características fenotípicasidentificadas, os seguintes microrganismos nas amostrascorrespondentes: Pimenta branca (Ciostridium giycoiicum,Ciostridium butyricum, Ciostridium perfringens), Louro(Ciostridium perfringens); Canelà (Ciostridium pertríngens),Noz-mascada (Ciostrídíum pertríngens, c!ostrídíum ·ramosum);Cominllo (Ciostridíum perene, Clostrídíum giyco!ícum,Ciostrídíum barati); Alho (Ciostrídíum perene, Clostrídíumoertríngens); Cebola (Ciostrídium g!yco!icum, C!ostrídíumoaraputrifícum, Ciostridíum pertríngens); Orégano(C!ostrídíum acetobutyiicum, Ciostrídíum g!ycoiícum, C!ostrídíumramos um); Coentro (Ciostrídium perfríngens,C!ostrídíum giyco!icum); Pimenta preta (Ciostrídíum feisíneum,Ciostrídíum sporogenes).

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Brasileira de Ciência Veterinária - RBCV