A escrita performática de Al Berto: À procura do vento num jardim d’agosto (1977)

Gustavo Cerqueira Guimarães

Resumo


Este trabalho investiga alguns elementos concernentes ao gênero literário em Al Berto (1948-1997), propondo uma análise acerca de sua escrita em À procura do vento num jardim d’agosto (1977) e como ela se desdobra em questões frequentemente problematizadas na literatura contemporânea, tais como a hibridação de gênero, o próprio fazer literário (e seus paratextos), a relação entre vida e obra, a escrita performática e a criação do nome de autor – Al Berto. A opção por analisar uma única obra tem o objetivo de facilitar a compreensão do funcionamento geral da produção do artista, tendo em vista que se encontram ressonâncias marcantes desse livro ao longo da trajetória do autor.

---

 

DOI: http://dx.doi.org/10.22409/abriluff.2017n18a404


Palavras-chave


Al Berto; Literatura portuguesa; Escrita performática; Edição.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22409/abriluff.v9i18.29922

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



ISSN: 1984-2090 (online)


Indexado em:

Periódicos UFF

Latindex Periódicos CapesDiadorimSumarios.org EZBABECLivreSHERPA-RoMEO MLADialnet


Licença Creative Commons
A Revista Abril utiliza uma licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional (CC BY-NC 4.0).