A CONTRIBUIÇÃO DA ECOLOGIA POLÍTICA E DO SUSTAINABLE LIVELIHOODS APPROACH NOS ESTUDOS AMBIENTAIS NO MEIO RURAL DO BRASIL: UM OLHAR SOBRE OS REASSENTADOS DE PETROLÂNDIA

Guilherme José Ferreira Araújo, Edvânia Torres Aguiar Gomes

Resumo


A ecologia política e o sustainable livelihood approach são respectivamente abordagens teórica e metodológica voltadas para o debate sobre temas relacionados a desigualdade social e o estabelecimento de metas para o combate à pobreza. Ambas são recentes no campo da pesquisa científica. A ecologia política foi germinada no período das grandes conferências ambientais da ONU e o sustainable livelihood approach foi concebido durante a década de 1980 com vistas a entender os principais fatores que contribuem com a pobreza em áreas rurais de países africanos.  Este artigo tem o objetivo de desenvolver uma aproximação teórica entre as abordagens estudadas e dessa forma contribuir com as discussões sobre as desigualdades no acesso aos recursos naturais e os desdobramentos para a pequena produção agrícola no Brasil. Para o estabelecimento deste trabalho foi realizado um amplo levantamento bibliográfico para identificar os pontos que unem a teoria da ecologia política e a prática metodológica do sustainable livelihood approach. Em seguida foram elencados os principais problemas identificados nas pesquisas de campo em Petrolândia e estabelecida relações com as abordagens em questão.  Neste quesito foram analisados pequenos produtores de coco dos Perímetros Irrigados de Apolônio Sales e Icó-Mandantes. Nesses perímetros encontram-se agricultores com diferentes contextos socioeconômicos, porém com a mesma origem de reassentamento e subsídio estatal. Todos são oriundos de uma transferência forçada em função da construção da Usina Hidrelétrica Luiz Gonzaga. Neste sentido, o estudo pretende iniciar um debate sobre as principais razões dessas diferenças e visualizar prováveis soluções.     


Palavras-chave


Conflitos ambientais; Perímetros irrigados; Semiárido; Coco.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22409/GEOgraphia2017.v19i40.a13804

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

Latindex Geodados Periódicos CAPES

GEOgraphia - Revista  do Programa de Pós-Graduação em Geografia da Universidade Federal Fluminense

Rua Gal. Milton Tavares, s/n, sala 508, Boa Viagem - Niterói - RJ,

CEP 24210-346

Periodiciodade Quadrimestral - ISSN 15177793 (impresso). Os conteúdos da Revista GEOgraphia estão licenciados em CC BY.