COMUNICAÇÃO, TECNOLOGIA E TERRITÓRIO NO METRÔ DE SÃO PAULO

Janice Caiafa

Resumo


Os circuitos comunicacionais de um metrô são conjuntos híbridos de interfaces maquínicas e humanas, constituindo um ambiente midiático onde mensagens, imagens, agentes e passageiros circulam. Tenho explorado, em pesquisa etnográfica, como esses circuitos se reconfiguram com a automatização integral da condução (trens sem piloto humano) no cotidiano das viagens na Linha 4 do metrô de São Paulo (a primeira linha totalmente automática da América Latina) e nas ressonâncias produzidas na rede. Neste texto examino os desdobramentos dessa reconfiguração no longo corredor de transferência entre as Linhas 2 e 4, lugar sensível superpovoado de artefatos técnicos e de passageiros. Exploro como, no contexto das dinâmicas da transferência nesse local, se constroem formas de comunicação e de território e como são atualizadas as propriedade de rede do metrô.

 


Palavras-chave


Processos comunicativos; Tecnologia; Território; Metrô (São Paulo); Etnografia

Texto completo:

PDF

Referências


ALOUCHE, Peter Ludwig. A tecnologia dos metrôs do mundo. Revista dos Transportes Públicos – ANTP, 1990, v. 12, n. 49, p. 43-51.

CAIAFA, Janice. Trilhos da cidade: viajar no metrô do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro: Editora 7Letras, 2013.

———. Dinâmicas da experiência de automatização integral da condução no metrô de Paris. Contemporanea, v. 12, n. 03, set-dez 2014, p. 595-613. Disponível em:

http://www.portalseer.ufba.br/index.php/contemporaneaposcom/article/view/12288/9371

______. Comunicação e sociabilidade no metrô de Paris: aspectos de um regime de interfaces. E-Compós, v.18, n, 3, 2015, p.1-17. Disponível em:

http://www.compos.org.br/seer/index.php/e-compos/article/view/1241/867

______. O metrô de São Paulo e o problema da rede. Contemporanea, 2016, 14 (2).

DaMATTA, Roberto. Apresentação. In GENNEP, Arnold Van. Os Ritos de Passagem. Petrópolis: Vozes, 1978.

DE PAULA, Alan Santana et al. Parceria Público-Privada — Linha 4-Amarela — Expectativas e Resultados. 21ª Semana de Tecnologia Metroferroviária. AEAMESP, 2015.

DELEUZE, Gilles; GUATTARI, Félix. Mille Plateaux: capitalisme et schizophrénie. Paris: Les Éditions de Minuit, 1980.

DUPUY, Gabriel. Les réseaux techniques sont-ils des réseaux? Espace géographique. Tome 16, nº 1987, p. 175-184.

¬¬______. L’urbanisme des réseaux. Théories et méthodes. Paris: Armand Colin, 1991.

FAYE, Jean Pierre. Introduction. Épicure. Doctrines et maximes. Paris: Hermann, éditeurs des sciences et des arts, 1990.

FOUCAULT, Michel. Des espaces autres. Dits et Écrits II, 1976-1988. Paris: Gallimard, 2001.

GENNEP, Arnold Van. Os Ritos de Passagem. Petrópolis: Vozes, 1978.

JOSEPH, Isaac. Météor: Les métamorphose du métro. Paris: Ed. Economia, 2004.

LATOUR, Bruno. Where Are the Missing Masses? The Sociology of a Few Mundane Artifacts. In BIJKER, Wiebe E.; LAW, John. (Orgs.), Shaping technology/building society: studies in sociotechnical change. Cambridge: The MIT Press, 1992, p. 225-258.

MORLEY, David. Communications and transport: The mobility of information, people and commodities. Media, Culture & Society, v. 33, n. 5, 2011, p.743-759.

TURNER, Victor. The Ritual Process: Structure and Anti-Structure. New Brunswick and London: Aldine Transaction, 2009.

VILLOUTREIX, Frédéric. Modalités d’étude, de conception et d’introduction de systèmes intégrés d’automatismes. 339 f. Tese (Doutorado). École Nationale Supérieure des Mines de Paris, 1990.




DOI: https://doi.org/10.22409/ppgmc.v12i1.9866

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Programa de Pós-Graduação em Mídia e Cotidiano - PPGMC (UFF)

Endereço: Rua Tiradentes, nº 148 - Ingá - Niterói - Rio de Janeiro - CEP 24.210-510

Site: http://www.ppgmidiaecotidiano.uff.br

Telefone/Fax: (21) 2629-9684/ (21) 2629-9681