O relacional em questão, mas ainda uma vontade de estar junto

Maicyra Teles Leão e Silva

Resumo


Este artigo trata do alargamento da noção de participação na obra artística, entendida à luz das práticas coletivas do final do século XX, através da dimensão relacional e da vontade de estar junto implícitos na arte contemporânea. Para isso, utiliza como disparador do discurso, a publicação Estética relacional, do crítico francês Nicolas Bourriaud, em 2009, questionando alguns de seus aspectos específicos, ao mesmo tempo em que explora tendências por ela levantadas para localizar a prática de coletivos artísticos brasileiros. Ainda, discute a dinâmica participativa e seu apelo político, por meio de conceitos apontados por filósofos como Ernesto Laclau, Chantal Mouffe e Roland Barthes.


Palavras-chave


estética relacional; estar junto; participação

Texto completo:

PDF

Referências


BAUMAN, Zygmunt. Entrevista concedida para o Programa Fronteiras do Pensamento. Disponível em: http://www.youtube. com/watch?v=POZcBNo-D4A, Agosto de 2011. Acesso em 08/11/11.

BARTHES, Roland. Como viver junto: simulações romanescas de alguns espaços cotidianos. São Paulo: Martins Fontes, 2003.

BISHOP, Claire. Antagonism and Relational Aesthetics. In: OCTOBER Magazine. New York: MIT Press. n. 110, 2004, p. 51–79.

BOURRIAUD, Nicolas. Estética Relacional. São Paulo: Martins Fontes, 2009.

LEMOS, André. Cibercultura e Mobilidade. A Era da Conexão. In: ANAIS DO XXVIII Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação. Rio de Janeiro: UERJ, 2005.

MAFFESOLI, Michel. A contemplação do mundo. Porto Alegre: Artes e Ofícios, 1995.

MIRANDA, Danilo Santos de (org.). Arte pública. São Paulo: Sesc, 1998.

OITICICA, Hélio. Tropicália. 04/03/1968. PHO 0128/68. Disponível em: http://www.itaucultural.org.br/aplicexternas/enciclopedia/ho/

home/index.cfm Acesso em 01/05/2013.

PÉLBART, Peter Pal. Como viver só. Palestra de 04 de agosto de 2006. Disponível em : http://forumpermanente.tangrama.com.br/.

event_pres/simp_sem/semin-bienal/documentacao/ Acesso em: 18/08/2013.

ROSAS, Ricardo. Nome: coletivo/Senha: colaboração. In: Rizoma.net, 2003. Disponível em: http://www.rizoma.net/ desenv/interna.php?id=170&secao=intervencao. Acesso em 09/10/08.

ROSAS, Ricardo. Hibridismo coletivo no Brasil: transversalidade ou cooptação In: Anais do 1º Simpósio Internacional do Paço das Artes, Padrões aos Pedaços: o pensamento contemporâneo na arte. São Paulo. Outubro de 2005. Disponível em http://www.canal contemporaneo.art.br/forum/viewtopic.php?t=57. Acesso em 08/10/13.




DOI: https://doi.org/10.22409/poiesis.1625.201-214

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Maicyra Teles Leão e Silva