O sono louco

Daniel Jablonski

Resumo


O sono louco é o título de trabalho de um projeto exibido recentemente
como instalação na galeria Casamata, no Rio de Janeiro. Combinando métodos de pesquisa acadêmica com prática artística, o projeto investiga os problemas de sono do próprio artista, por meio de um teste caseiro realizado no período de um mês com um relógio de ponto de vigia noturno do século XIX. Os resultado obtidos pareceram apontar para a existência de um transtorno psíquico transitivo que consiste em uma notável resistência em despertar-se, um problema ainda pouco estudado na passagem entre sono e vigília. O presente ensaio apresenta uma tentativa de interpretar esse “estudo de caso” em primeira pessoa, com referências à ciência dos sonhos de Freud, às estruturas de dominação do capitalismo industrial e ao amor louco dos surrealistas.


Palavras-chave


sono; inconsciente; máquina

Texto completo:

PDF

Referências


BENJAMIN, Walter. Passagens parisienses II (1927-1929). In Passagens. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2007.

BENJAMIN, Walter. Rua de mão única (1928). Obras escolhidas II. São Paulo: Brasiliense, 1995.

BRETON, André. Entrée des médiums. In Les pas perdus. Paris: Gallimard, 1969.

CRARY, Jonathan. 24/7 – Late Capitalism and the Ends of Sleep. Londres, Nova York: Verso Books, 2013.

FREUD, Sigmund. Algumas observações sobre o conceito de inconsciente na psicanálise (1912). In Obras completas, Volume 10. São Paulo: Companhia das Letras, 2010.

FREUD, Sigmund. A interpretação dos sonhos (1900), seguido de Sobre os sonhos (1901), Volume 2. Rio de Janeiro: Imago, 1987.

GIMPEL, Jean. A Revolução Industrial da Idade Média (1975). Mem Martins: Publicações Europa-América, 2001.

LACAN, Jacques. Seminário II (1955). Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1985.

THOMPSON, Edward Palmer. Time, Work-Discipline, and Industrial Capitalism. Past and Present, Oxford, n. 38, p. 56-97, dez. 1967.




DOI: https://doi.org/10.22409/poiesis.1524.109-128

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Daniel Jablonski