A invenção do indivíduo na sociedade moderna

Denise Assis Fleury Curado

Resumo


Resumo

O trabalho tem como objeto compreender o surgimento do individuo na sociedade moderna. Por entender que tanto o indivíduo quanto a sociedade são constitutivos de uma mesma realidade material e histórica, foi de fundamental importância as contribuições das ciências sociais na perspectiva do materialismo histórico dialético. Desta forma, a apreensão do conceito de indivíduo e como este se desenvolveu no decorrer da histórica foi crucial. De igual modo, a noção de hegemonia, apresentada em Gramsci, foi essencial no estudo proposto, pois em muito contribuiu para elucidar e esclarecer as condições materias e históricas do indivíduo da sociedade liberal. Ao final, as análises evidenciam um indivíduo forjado pelo liberalismo em consonância direta com o sistema do capital industrial, demonstrando que o indivíduo “livre”, “igual” e “particular” são ilusões uma vez que, a sua realização, pressupõe uma realidade divergente da que está posta.

palavras chaves: indivíduo, sociedade, modernidade, capital-industrial, liberalismo.

 

Abstract

 

The aim of this work is to understand the emergence of an individual in modern society. We understand that both individual and society are made of the same material and historical reality, so all the social science contributions on the perspective of dialectical historical materialism are very important. This way, the apprehension of the idea of individual and how it has developed in History is crucial. Similarly, the notion of hegemony, presented in Gramsci, was essential for this study, since it has contributed to elucidate and clarify the material and historical conditions of individual in the liberal society. At the end, the analyses point out an individual wrought by liberalism in consonance with the system of the industrial capital, showing that the “free”, “equal” and “particular” individual is an illusion because its accomplishment presupposes a different reality from what has been shown.

 

Key- Words: individual, society, modernity, industrial-capital, liberalism

 

 


Palavras-chave


Psicologia; Sociologia; Educação; Epistemologia

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22409/ayvu.v2i1.22191

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

A Ayvu: Revista de Psicologia tem por objetivo favorecer a produção e a livre circulação de ideias que contribuam para a construção de uma Psicologia concernida com sua diversidade interna, suas múltiplas interfaces, o exame crítico de si e de seu tempo, assim como suas implicações teóricas e éticas. Para tanto, opera em regime de fluxo contínuo, publicando artigos originais e inéditos, traduções, entrevistas e resenhas.

Convidamos todas e todos que compartilham dos nossos objetivos a conhecer nossas publicações, e a contribuir com a produção de novos materiais.

Boas leituras!


Equipe editorial

Ana Cabral Rodrigues, Universidade Federal Fluminense (UFF)

Augusto Cesar Freire Coelho, Universidade Federal Fluminense (UFF)

Camilo Barbosa Venturi, Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)

Gustavo Cruz Ferraz, Universidade Federal Fluminense (UFF)

Thiago Constâncio Ribeiro Pereira, Universidade Federal Fluminense (UFF)