“Procura-se Meteorango Kid vivo ou morto”: um mapa da resistência contracultural

Rafael Mendonça Dias

Resumo


O artigo traça com o filme Meteorango Kid, o herói intergalático uma cartografia, na qual a “curtição” indica estratégias de resistência contracultural no contexto do AI-5, auge da repressão da ditadura civil-militar.  Na tela a experimentação do cinema marginal cria uma política minoritária atravessada pela invenção estética que rompe com representação e o cerco da subjetividade edipiana. No filme de André Luiz Oliveira irrompe na tela a angústia de uma juventude “sem futuro” e tal como o Bandido da Luz Vermelha “avacalha e se esculhamba”. Meteorango Kid profana a sagrada família baiana. Com Meteorango o tema da curtição ganha contornos políticos e narrativos gerando aproximações com a Tropicália.  O artigo também procura acompanhar os efeitos desse filme no presente, abrindo novos sentidos para aquela experiência.

Palavras-chave


percepção; subjetividade; criação; cinema.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22409/ayvu.v4i1.22225

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

A Ayvu: Revista de Psicologia tem por objetivo favorecer a produção e a livre circulação de ideias que contribuam para a construção de uma Psicologia concernida com sua diversidade interna, suas múltiplas interfaces, o exame crítico de si e de seu tempo, assim como suas implicações teóricas e éticas. Para tanto, opera em regime de fluxo contínuo, publicando artigos originais e inéditos, traduções, entrevistas e resenhas.

Convidamos todas e todos que compartilham dos nossos objetivos a conhecer nossas publicações, e a contribuir com a produção de novos materiais.

Boas leituras!


Equipe editorial

Ana Cabral Rodrigues, Universidade Federal Fluminense (UFF)

Augusto Cesar Freire Coelho, Universidade Federal Fluminense (UFF)

Camilo Barbosa Venturi, Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)

Gustavo Cruz Ferraz, Universidade Federal Fluminense (UFF)

Thiago Constâncio Ribeiro Pereira, Universidade Federal Fluminense (UFF)