Os seriados norte-americanos e o cinema brasileiro dos anos 1920

Luciana Corrêa de Araújo

Resumo


Este artigo apresenta algumas anotações sobre a presença dos seriados norte-americanos no cinema brasileiro dos anos 1920, procurando rastrear o fascínio pelo gênero não só em filmes e projetos como também em textos de natureza diversa (correspondências, depoimentos, matérias na imprensa). Na segunda parte, o trabalho foca na produção Senhorita Agora Mesmo (Pedro Comello, 1927), estrelada por Eva Nil, para analisar como o título incorporou elementos dos seriados e em que medida tal procedimento se distanciou das expectativas quanto ao filme brasileiro e à imagem da atriz construída pelas revistas especializada e por ela própria.

Palavras-chave


Cinema silencioso; seriados; Eva Nil

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22409/contracampo.v1i24.202

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 
Qualis: B1
ISSN: 2238-2577