Capitalismo, esfera pública global e o debate em torno da televisão digital terrestre no Brasil

Valério Britto, César Bolaño

Resumo


O objetivo deste trabalho é debater as possibilidades e contradições da
esfera pública no capitalismo contemporâneo. Neste quadro, é enfocado o
papel das tecnologias comunicacionais (especialmente a TV digital terrestre)
como espaço público, trabalhando-se teoricamente e apontando-se para
suas possibilidades democráticas. O artigo analisa o quadro atual da televisão
brasileira, numa abordagem teórico-metodológica a partir da Economia Política
da Comunicação. Nessa perspectiva, há um delineamento das tendências
deste mercado e do conjunto de instrumentos reguladores que atestam o
papel do Estado no âmbito da cultura.

Palavras-chave


1. Economia política da Comunicação 2. Políticas de Comunicação 3. Comunicação e Capitalismo 4. História da Comunicação

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22409/contracampo.v0i09.441

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 
Qualis: B1
ISSN: 2238-2577