O MOVIMENTO E A ATUALIDADE

Autores

  • Fernando Santos Barbosa UFRJ

Resumo

O artigo tem como afinco analisar o movimento feminista negro no Brasil com a sua estruturação e realizações no século XXI. O estudo parte do reconhecimento de suas antecessoras, Lélia Gonzalez (2018) e Beatriz Nascimento (2018) com pontuações importantes sobre o movimento. Esta luta é mantida com Luiza Bairros (2000) e as posições de Vanda Barreto (2021) ao seu contexto. Djamila Ribeiro (2018 e 2019) em dialogo com a militante Sueli Carneiro (2005 e 2020) demonstra seus pontos para um feminismo negro no Brasil no século XXI – não desconsiderando o trajeto de suas antecessoras em dialogo consigo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2022-09-17