UMA RESPOSTA POLÍTICA PARA A FOME: JOSUÉ DE CASTRO E AS LIGAS CAMPONESAS

José Raimundo Sousa Ribeiro Jr.

Resumo


Resumo: Este artigo tem como objetivo analisar o posicionamento político e a perspectiva teórico-metodológica que fundamentam o livro Sete Palmos de Terra e um Caixão, escrito por Josué de Castro às vésperas do Golpe de 1o de abril de 1964. Após a apresentação do contexto nacional e internacional em que o livro foi escrito, localizo o livro dentro do movimento da obra do autor. Em seguida, examino como o autor procura desmistificar o surgimento e a atuação das Ligas Camponesas e interpreto a perspectiva teórico-metodológica que fundamenta o trabalho do autor. Por fim, argumento que esse livro traz contribuições imprescindíveis para que possamos pensar formas de superar a fome nos dias de hoje. Entre elas destacam-se a crítica às soluções tecnicistas para os problemas sociais e a compreensão de que aqueles que convivem com a fome são sujeitos políticos que têm condições de se organizar e transformar suas próprias condições de vida.

Palavras chave: Josué de Castro. Sete Palmos de Terra e um Caixão. Fome. Ligas Camponesas. Reforma Agrária.

 

A POLITICAL RESPONSE TO HUNGER: JOSUÉ DE CASTRO AND THE PEASANT LEAGUES

Abstract:TIn this article I analyze the political position and the theoretical-methodological perspective that underlie the book Six Feet Under and a Coffin written by Josué de Castro on the eve of the 1964 coup. First I present the national and international context in which this book was written and situate this book within the movement of the author’s work. Thereafter I examine how the author seeks to demystify the emergence and performance of the Peasant Leagues and interpret the theoretical-methodological perspective that underlies the author’s work. Finally, I argue that this book brings essential reflections so that we can think of ways to overcome hunger today. Among them are the criticism of technical solutions to the social and the understanding that those who live with hunger are political subjects who are able to organize and transform their own living conditions.

Keywords: Josué de Castro. Six Feet Under and a Coffin. Peasant Leagues. Hunger Land Reform.

 

UNA RESPUESTA POLÍTICA AL HAMBRE: JOSUÉ DE CASTRO Y LAS LIGAS CAMPESINAS

Resumen: Este artículo tiene como objetivo analizar la posición política y la perspectiva teórico-metodológica que subyace en el libro Sete Palmos de Terra e um Caixão, escrito por Josué de Castro en vísperas del golpe de Estado del 1 de abril de 1964. Después de presentar el contexto nacional e internacional en el que se escribió el libro, ubico el libro dentro del movimiento de la obra del autor. En luego, examino cómo el autor busca desmitificar el surgimiento y el desempeño de las Ligas Campesinas e interpretar la perspectiva teórica y metodológica que subyace en el trabajo del autor. Por finalmente, sostengo que este libro aporta contribuciones esenciales para que podamos pensar en formas de superar el hambre hoy. Entre ellos, destaca la crítica a las soluciones técnicas. para los problemas sociales y la comprensión de que quienes viven con hambre son sujetos políticos que pueden organizarse y transformar sus propias condiciones de vida.

Palabras clave: Josué de Castro. Siete tramos de tierra y un ataúd. Hambre. Ligas campesinas. Reforma agraria.

 

Palavras-chave


Josué de Castro, Sete Palmos de Terra e um Caixão, Fome, Ligas Camponesas, Reforma Agrária.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22409/GEOgraphia2020.v22i48.a34734

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

Latindex Geodados Periódicos CAPES

GEOgraphia - Revista  do Programa de Pós-Graduação em Geografia da Universidade Federal Fluminense

Rua Gal. Milton Tavares, s/n, sala 508, Boa Viagem - Niterói - RJ,

CEP 24210-346

Fluxo contínuo - ISSN 2674-8126 (Online). Os conteúdos da Revista GEOgraphia estão licenciados em CC BY.