Sobre o canto XXVI do Inferno

Autores

  • Raphael Salomão Khede UFF/UERJ

DOI:

https://doi.org/10.22409/gragoata.v21i41.33419

Palavras-chave:

Dante Alighieri, Divina Commedia, poesia italiana, análise estilística.

Resumo

O artigo se propõe a analisar estilisticamente o canto XXVI do Inferno, evidenciando elementos estruturais da obra-prima de Dante Alighieri.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Raphael Salomão Khede, UFF/UERJ

Possui graduação em Letras na Università degli Studi di Torino (2003), mestrado em Literatura Brasileira pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (2009) e doutorado em Literatura Comparada pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (2013). Foi professor adjunto de Língua e Literatura Italiana da Universidade Federal Fluminense (UFF). Atualmente, é professor de Língua e Literatura Italiana da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ). Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Língua e Literatura Italiana, Literatura Brasileira, Literatura Comparada e Tradução.

Downloads

Publicado

2016-12-28

Edição

Seção

Artigos de Literatura