Polissemia e interdiscursividade nos cartuns de Bruno Drummond: uma abordagem linguístico-discursiva

André Crim Valente

Resumo


O estudo aqui apresentado utiliza uma abordagem linguístico-discursiva dos cartuns de Bruno Drummond. Estabelece, inicialmente, uma distinção, no campo do humor gráfico, entre charge, cartum e caricatura. A seguir, destaca as características do cartum. Para a análise do corpus, recorre-se aos conceitos de polissemia e interdiscursividade estabelecendo a diferença entre esta e a intertextualidade. Na fundamentação teórica do humor gráfico, priorizam-se as considerações de Teixeira (2001 e 2005) e do autor (2007) em análise. No que respeita ao binômio interdiscursividade/intertextualidade, dá-se destaque aos estudos de Jenny (1979), Orlandi (2001) e Fiorin (2003). Na abordagem da polissemia, na comparação com a homonímia e a sinonímia, valorizam-se as obras de Borba (1970), Gonzáles et al. (1989). Por fim, também deram suporte à análise do corpus as considerações de Charaudeau (no prelo) sobre inferências discursivas.


Palavras-chave


humor; língua; discurso; polissemia; interdiscurso.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22409/gragoata.v24i50.34179

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 


A Gragoatá é uma revista dos Programas de Pós-graduação em Letras da UFF:

Ir para Pós Estudos de Linguagem Ir para Pós Estudos de Literatura


ISSN (impresso) 1413-9073 - de 1996 a 2013
ISSN (online) 2358-4114 - de 2014 em diante


A Gragoatá está indexada nas seguintes bases:

Portal de Periódicos da UFF

Latindex Porbase Google Acadêmico Diadorim Periódicos Capes EZB DOAJ Sumários.Org ErihPlus


Licença Creative Commons
A Gragoatá utiliza uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.