É possível produzir um comum no dissenso? As “tretas virtuais” como caminhos para pensar a política hoje – o caso Casa Nuvem-Casa Nem

Paula Gorini Oliveira, Fernando do Nascimento Goçalves

Resumo


Este trabalho tem por objetivo discutir a disputas de narrativa online, como característica de disputas mais amplas e multisituadas que se dão em rede, a partir de um caso: a passagem não-consensual Casa Nuvem - Casa Nem. O enfoque teórico se desenvolve a partir das ideias de “dissenso” e de “comum”, que neste trabalho se apresentam como potentes meios de conectar a observação do caso analisado com as produções atuais da política, especialmente no que diz respeito aos movimentos sociais e lutas políticas. A análise também é observada pelo seu aspecto sociotécnico, que implica pensar a relação e interação entre redes digitais e presenciais, construindo uma observação em rede, metodologicamente embasada na Teoria do Ator-Rede, TAR.

Palavras-chave


dissenso; comum; disputas em rede; política

Texto completo:

PDF

Referências


ARENDT, Hannah. O que é política? In: O que é política? - fragmentos de obras

póstumas. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1998. (21 - 84)

EUGÊNIO, Fernanda; FIADEIRO, João. Jogo das perguntas: o modo operativo ‘And’ e o viver juntos sem ideias. In: PASSOS, Eduardo; KASTRUP, Virgínia; TEDESCO, Silvia (Org.). Pistas do método da cartografia: a experiência da pesquisa e o plano comum. Vol.2. Porto Alegre: Sulina, 2014.

FOUCAULT, Michel. Ética, sexualidade, política. Tradução de Elisa Monteiro, Inês Dourado Barbosa. 2. ed. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2006.

GOHN, Maria da Glória. Movimentos sociais no início do século XXI. Petrópolis: Vozes, 2003.

LATOUR, Bruno. Reensamblar lo Social : una introducción a la teoría del actor-red. 1 ed. Buenos Aires : Manantial, 2008.

MELUCCI, Alberto. Mouvements, crise de la politique et nouveaux militants. Paris : La Découverte, 1999.

NEGRI, Antonio; HARDT, Michael. Declaração: isto não é um manifesto. São Paulo: n-1, 2016.

RANCIÈRE, Jacques. A partilha do sensível: estética e política. São Paulo: Ed.34, 2005

__________. O desentendimento: política e filosofia. São Paulo: Ed.34, 1996.

__________. O dissenso. In: A crítica da razão. São Paulo: Companhia das Letras; Brasília: Ministério da Cultura; Rio de Janeiro: Fundação Nacional de Arte, 1996. (367-382).

RIBEIRO, Djamila. O que é lugar de fala ? Belo Horizonte : Letramento, 2017.

ROLNIK, Suely; GUATTARI, Félix. Cartografias do desejo. Petrópolis: Vozes, 2011.

SODRÉ, Muniz. A Ciência do Comum: notas para o método comunicacional. Petrópolis: Vozes, 2014.




DOI: https://doi.org/10.22409/ppgmc.v12i3.26910

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Programa de Pós-Graduação em Mídia e Cotidiano - PPGMC 
Universidade Federal Fluminense - UFF
Endereço: Rua Tiradentes, nº 148 - Ingá - Niterói - Rio de Janeiro - CEP 24.210-510
e-mail: pmc.ega@id.uff.br
Site: http://www.ppgmidiaecotidiano.uff.br

Telefone/Fax: (21) 2629-9684/ (21) 2629-9681