Fascismo à brasileira em O som ao redor e O animal cordial: desestabilização e autoritarismo no cinema brasileiro pré-Bolsonaro

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22409/rmc.v16i2.53218

Palavras-chave:

Autoritarismo, Fascismo, Cinema brasileiro, O som ao redor, O animal cordial

Resumo

Este artigo pretende compreender como o autoritarismo e a intolerância que pautaram a conjuntura sociopolítica brasileira nos anos 2010 estão presentes nos filmes produzidos nela, a partir da análise de O som ao redor e O animal cordial. Para tanto, é dividido em três partes. Na primeira, é construído um marco teórico sobre a formação sociopolítica brasileira, a partir de autores como Holanda (1995) e Schwarcz (2019), e sobre como, no país que emerge desta formação, pode-se pensar um retorno do fascismo, com base em teóricos como Albright (2018), Finchelstein, (2019), Stanley (2020) e Griffin (1991). Na segunda e na terceira partes, são desenvolvidas as análises de O som ao redor e O animal cordial, respectivamente, em diálogo com o marco teórico desenvolvido na primeira sessão.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Guilherme Fumeo Almeida, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Doutor e Mestre em Comunicação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Integra o ARTIS - Grupo de Pesquisa em Estética e Processos Audiovisuais e o Laboratório de Investigação de Comunicação Comunitária e Publicidade Social (LACCOPS). 

Daniel Ricardo Feix, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Jornalista (PUCRS, 2000), mestre em Comunicação (PUCRS, 2018), doutorando no PPGCOM/UFRGS. Editor e crítico de cinema no jornal Zero Hora, autor da biografia Teixeirinha – Coração do Brasil (Ed. Diadorim, 2019). 

Referências

ADORNO, Theodor. Estudos sobre a personalidade autoritária. São Paulo: Editora da Unesp, 2019.

ALBRIGHT, Madeleine. Fascismo: um alerta. São Paulo: Planeta, 2018.

EATWELL, Robert. Fascism: a history. Londres: Pimlico/Ramdon House, 2003.

FINCHELSTEIN, Federico. Do fascismo ao populismo na história. São Paulo: Almedina, 2019.

FINCHELSTEIN, Federico. Uma breve história das mentiras fascistas. São Paulo: Vestígio, 2020.

GRIFFIN, Roger. A fascist century. Londres: Palgrave Macmillan, 2008.

GRIFFIN, Roger. Fascism – Key concepts in political theory. Medford: Polity Press, 2018.

GRIFFIN, Roger. The nature of fascism. Londres: Routledge, 1991.

HOLANDA, Sérgio Buarque de. Raízes do Brasil. São Paulo: Companhia das Letras, 1995.

LINZ, Juan. Authoritarian and totalitarian regimes. Londres: Lynne Rienner Publishers, 2000.

LINZ, Juan; STEPAN, Alfred. Problems of democratic transition and consolidation – Southern Europe, South America and Post-Communist Europe. Baltimore: Johns Hopkins University Press, 1996.

O ANIMAL cordial. Direção e roteiro: Gabriela Amaral Almeida. Produção: Rodrigo Teixeira. Intérpretes: Murilo Benício, Luciana Paes, Irandhir Santos, Camila Morgado, Jiddu Pinheiro, Ernani Moraes, Humberto Carrão e Ariclenes Barroso. [S. I]: Vitrine Filmes; California Filmes, 2017.

O SOM ao redor. Direção e roteiro: Kleber Mendonça Filho. Produção: Emilie Lesclaux. Intérpretes: Irandhir Santos, Gustavo Jahn, Irma Brown, Maeve Jinkings e W.J. Solha. [s.i]: Vitrine Filmes; The Cinema Guild, 2013.

PAXTON, Robert. A anatomia do fascismo. São Paulo: Paz & Terra, 2007.

PAYNE, Stanley. Fascism: comparison and definition. Madison: University of Wisconsin Press, 1980.

PINHEIRO-MACHADO, Rosana. Amanhã vai ser maior: o que aconteceu com o Brasil e possíveis rotas de fuga. São Paulo: Planeta do Brasil, 2019.

PINHEIRO-MACHADO, Rosana. ‘Bolsonaro é o populista que mais se aproximou do fascismo na história’, diz Federico Finchelstein. The Intercept Brasil, 7 de julho de 2020. Disponível em: <https://theintercept.com/2020/07/07/bolsonaro-populista-fascismo-entrevista-federico-finchelstein/>. Acesso em: 19 fev. 2022.

SCHWARCZ, Lilia Moritz. Sobre o autoritarismo brasileiro. São Paulo: Companhia das Letras, 2019.

STANLEY, Jason. Como funciona o fascismo – A política do “nós” e “eles”. Porto Alegre: L&PM Editores, 2020.

Downloads

Publicado

2022-05-27

Como Citar

Almeida, G. F. ., & Feix, D. R. (2022). Fascismo à brasileira em O som ao redor e O animal cordial: desestabilização e autoritarismo no cinema brasileiro pré-Bolsonaro. Revista Mídia E Cotidiano, 16(2), 129-150. https://doi.org/10.22409/rmc.v16i2.53218