Modelo de distanciamento controlado

Quais são as medidas adotadas no RS no combate à Covid-19

Autores

Palavras-chave:

Covid-19, Dados Socioeconômicos, Rio Grande do Sul

Resumo

Covid-19 shows itself as a difficulty to be tackled at different levels, and it mainly needs public management actions. Because of this, the present study seeks to identify how the evolution of coping with the Covid-19 pandemic takes place, based on the controlled distance model adopted by the State of Rio Grande do Sul. Thus, from the institution of flags, which had different colors, the State demonstrated different classifications during the evaluation weeks, where from September 2020, the co-management system was instituted, which allowed the municipalities to institute measures, which caused a change in the actions taken. Therefore, this measure proved to be extremely important for the control of the pandemic, providing support for more effective actions, and the risk of contamination tends to vary, requiring greater control of the spread of the disease and the circulation of people.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Andressa Petry Müller, Universidade Federal de Santa Maria

Doutoranda em Administração, Universidade Federal de Santa Maria, Brasil. Mestre em Administração Pública, Universidade Federal de Santa Maria, Brasil. Bacharel em Administração, Universidade Federal de Santa Maria, Campus Palmeira das Missões, Brasil.

Nelson Guilherme Machado Pinto, Universidade Federal de Santa Maria

Professor Adjunto do Departamento de Administração, Universidade Federal de Santa Maria, Campus Palmeira das Missões, Brasil. Professor do Programa de Pós-Graduação em Organizações Públicas e do Programa de Pós-Graduação em Administração Pública, Universidade Federal de Santa Maria, Brasil. Doutor em Administração, Universidade Federal de Santa Maria, Brasil

Daniel Arruda Coronel, Universidade Federal de Santa Maria

Professor Associado do Departamento de Economia e Relações Internacionais, Universidade Federal de Santa Maria. Professor permanente no Programa de Pós-Graduação em Gestão de Organizações Públicas, do Programa de Pós-Graduação em Agronegócios e do Programa de Pós-Graduação de Economia e Desenvolvimento. Doutor em Economia Aplicada, Universidade Federal de Viçosa, Brasil

Referências

BARROS, C. da C. et al. Transparência na gestão pública: um estudo do atendimento dos municípios do estado Rio Grande do Norte a lei complementar nº 131/2009. Revista Ambiente Contábil, Natal, v. 9, n. 2, p. 200-221, jul./dez. 2017.

BELASCO, A. G. S.; FONSECA, C. D. da. Coronavírus 2020. Revista Brasileira de Enfermagem, v. 73, n. 2, p. 1-2, 2020.

BRASIL. Lei nº 12.527, de 18 de novembro de 2011. Regula o acesso a informações previsto no inciso XXXIII do art. 5º, no inciso II do § 3º do art. 37 e no § 2º do art. 216 da Constituição Federal. Planalto, Casa Civil, Brasília, DF, 2011. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2011-2014/2011/lei/l12527.htm . Acesso em: 20 out. 2020.

BRASIL. Lei nº 13.982, de 2 de abril de 2020. Altera a Lei nº 8.742, de 7 de dezembro de 1993, para dispor sobre parâmetros adicionais de caracterização da situação de vulnerabilidade social para fins de elegibilidade ao benefício de prestação continuada (BPC), e estabelece medidas excepcionais de proteção social a serem adotadas durante o período de enfrentamento da emergência de saúde pública de importância internacional decorrente do coronavírus (Covid-19) responsável pelo surto de 2019, a que se refere a Lei nº 13.979, de 6 de fevereiro de 2020. Presidência da República, Secretaria-Geral, Brasília, DF, 2020. Disponível em: https://www.in.gov.br/en/web/dou/-/lei-n-13.982-de-2-de-abril-de-2020-250915958 . Acesso em: 21 out. 2021.

CAMMAROTA, F. C. Coordenação de políticas públicas: governança do orçamento para projetos sociais em tempos de crise. Brazilian Journal of Business, Curitiba, v. 2, n. 3, p. 2418-2444, jul./set. 2020.

CARDOSO, L. L. et al. Transparência Pública: Análise em portais de transparência do Poder Executivo Municipal do Brasil. Meta: Avaliação, Rio de Janeiro, v. 10, n. 29, p. 443-472, maio/ago. 2018.

CASCELLA, M. et al. Features, Evaluation and Treatment Coronavirus (COVID-19). StatPearls: Treasure Island, 2020.

DINIZ, M. C. et al. Crise Global Coronavírus: monitoramento e impactos. Cadernos de Prospecção, Salvador, v. 13, n. 2, p. 259-377, abr. 2020.

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL. Decreto nº 55.240, de 10 de maio de 2020. Institui o Sistema de Distanciamento Controlado para fins de prevenção e de enfrentamento à epidemia causada pelo novo Coronavírus (COVID-19) no âmbito do Estado do Rio Grande do Sul, reitera a declaração de estado de calamidade pública em todo o território estadual e dá outras providências. Diário Oficial, Porto Alegre, 11 maio 2020. Disponível em: https://saude-admin.rs.gov.br/upload/arquivos/202005/12091118-55-240.pdf . Acesso em: 20 nov. 2020.

FAUCI, A. S.; LANE, C.; REDFIELD, R. R. Covid-19 – Navigating the Uncharted. The New England Journal of Medicine, Waltham, n. 382, p. 1268-1269, Feb. 2020.

FERREIRA, M. dos S. B. Mídias sociais como ferramenta de comunicação para fortalecimento de marcas e organizações. Revista Temática, v. 13, n. 6, p. 141-150, 2017.

GABRIEL, M. L. D. Métodos Quantitativos em Ciências Sociais: Sugestões para Elaboração do Relatório de Pesquisa. Desenvolvimento em questão, Ijuí, v. 12, n. 28, p. 348-369, out./dez. 2014.

GERHARDT, T. E.; SILVEIRA, D. T. Métodos de pesquisa. Porto Alegre: Editora da UFGS, 2009. 120 p.

GOVERNO DO RIO GRANDE DO SUL. Modelo de distanciamento controlado Rio Grande do Sul, 2020. Disponível em: https://distanciamentocontrolado.rs.gov.br . Acesso em: 27 out. 2020.

GOVERNO DO RIO GRANDE DO SUL. Governo publica decretos com novas restrições para combate à pandemia no RS, 2021. Disponível em: https://www.estado.rs.gov.br/governo-publica-decretos-com-novas-restricoes-para-combate-a-pandemia-no-rs. Acesso em: 1 abr. 2021.

GOVERNO DO RIO GRANDE DO SUL. Leitos, 2021. Disponível em: https://www.estado.rs.gov.br/leitos . Acesso em: 1 abr. 2021.

JANNUZZI, P. de M. A importância da informação estatística para as políticas sociais no Brasil: breve reflexão sobre a experiência do passado para considerar no presente. Revista Brasileira de Estudos e População, Belo Horizonte, v. 35, n. 1, p. 1-10, 2018.

MARCONI, M. de A.; LAKATOS, E. M. Fundamentos de metodologia científica. 6. ed. São Paulo: Atlas, 2009.

MINISTÉRIO DA MULHER, DA FAMÍLIA E DOS DIREITOS HUMANOS. Recomendações e medidas governamentais relativas ao enfrentamento da Covid-19, 2020. Disponível em: https://www.gov.br/mdh/pt-br/navegue-por-temas/observatorio-nacional-da-familia/recomendacoes-e-medidas-governamentais-acerca-da-pandemia-do-coronavirus. Acesso em: 9 out. 2020.

MOLINARI, A. P.; CLAZER, E. A. Índices de transparência: um estudo nos municípios que compõem a AMCESPAR. In: CONGRESSO INTERNACIONAL DE ADMINISTRAÇÃO, Ponta Grossa: 2015. Anais [...]. Ponta Grossa: 2015, p. 1-12.

NAQVI, A. COVID-19: Visualizing regional socioeconomic indicators for Europe. International Institute for Applied Systems Analysis, 2020. 16 p.

OLIVEIRA, M. L. de et al. Efeitos das medidas de enfrentamento ao coronavírus no Brasil. Brazilian Journal of Health Review, Curitiba, v. 3, n. 4, p. 10196-10207, jul./ago., 2020.

OLIVEIRA, W. K. de et al. Como o Brasil pode deter a COVID-19. Epidemiologia e Serviços de Saúde, Brasília, v. 29, n. 2, p. 1-8, 2020.

ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DA SAÚDE. Orientação técnica e nacional – Doença por coronavírus (COVID-19), 2020. Acesso em: https://www.who.int/emergencies/diseases/novel-coronavirus-2019/technical-guidance. Acesso em: 26 out. 2020.

PEERI, N. C. et al. The SARS, MERS adn novel coronavirus (COVID-19) epidemics, the newest and biggest global health threats: what lessons have we learned? International Journal of Epidemiology, p. 1-10, jun. 2020.

RIBEIRO, C. P. de P. et al. Difusão da informação na administração pública. TransInformação, Campinas, v. 23, n. 2, p. 159-171, mai./ago. 2011.

RODRIGUES, M. dos S. et al. Análise da evolução do Sars-Cov-2 no Rio Grande do Sul e reflexões acerca do modelo de distanciamento controlado. Revista Thema, v. n. p. 1-27, dez. 2020.

SÁ, C. dos S. C. de et al. Distanciamento social Covid-19 no Brasil: Efeitos sobre a rotina de atividade física de famílias com crianças. Revista Paulista de Pediatria, v. 39, e2020159, p. 1-8, 2021.

SEPLAG RS - SECRETARIA DE PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO DO RIO GRANDE DO SUL. Modelo de Distanciamento Controlado Rio Grande do Sul, 2020. Disponível em: https://distanciamentocontrolado.rs.gov.br/wp/wpcontent/uploads/2020/06/Metodologia-1.pdf. Acesso em: 9 out. 2020.

SHIMAZAKI, M. E. O impacto da regionalização na resposta à pandemia da Covid-19. In: Planejamento e gestão, Brasília: Conselho Nacional de Secretários de Saúde, p. 67-78, 2021.

WEERTH. C. International response to Covid-19: initiatives and declarations by the um, who, wco, wto and other stakeholders on world trade, custos law and solidary in a human emergency. Lex Humanitariae: Journal for a change, v. 1, n. 2, p. 9-21, July 2020.

WERNECK, G. L.; CARVALHO, M. S. A pandemia de COVID-19 no Brasil: crônica de uma crise sanitária anunciada. Cadernos de Saúde Pública, Rio de Janeiro, v. 36, n. 5, p. 1-4, mai. 2020.

Downloads

Publicado

2021-08-14

Como Citar

Müller, A. P. ., Machado Pinto, N. G., & Coronel, D. A. . (2021). Modelo de distanciamento controlado: Quais são as medidas adotadas no RS no combate à Covid-19. Mundo Livre: Revista Multidisciplinar, 7(1), 110-129. Recuperado de https://periodicos.uff.br/mundolivre/article/view/47187

Edição

Seção

Sessão temática