A política antidrogas dos EUA como estratégia de controle econômico e político da América Latina

Autores

Palavras-chave:

Política antidrogas, EUA, controle político e econômico, América Latina

Resumo

Este artigo objetiva apresentar de forma sumária e introdutória a relação do combate ao tráfico internacional de drogas capitaneado pelos EUA como estratégia política e econômica de controle de países periféricos, em especial a América Latina. A metodologia utilizada foi a pesquisa teórica e documental sobre o tema através de documentos primários e secundários. Os resultados obtidos nos permitem constatar que, ao longo das últimas décadas, a política de combate às drogas propostas pelas agências norte-americanas têm-se revelado como mecanismo de inserção militar para “prevenir” manifestações e revoltas contra o poder do país supramencionado. Ou seja, através da política antidrogas os EUA conseguem impedir a ação de grupos rebeldes em alguns países periféricos ao mesmo tempo que se utiliza do narcotráfico para financiar grupos de direita.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Pedro de Oliveira Rodrigues, Universidade Federal de Juiz de Fora

Universidade Federal de Juiz de Fora, Juiz de Fora, Brasil. Mestrando do Programa de Pós-Graduação em Serviço Social, Universidade Federal de Juiz de Fora, Juiz de Fora, Brasil. Membro do grupo de estudos Dýnamis. Bacharel em Ciências Econômicas pela Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, Brasil.

Ednéia Alves de Oliveira, Universidade Federal de Juiz de Fora

Professora da Faculdade de Serviço Social, Universidade Federal de Juiz de Fora, Juiz de Fora, Brasil. Doutora em Serviço Social, Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, RJ. Coordenadora do Grupo de Pesquisa Trabalho, Mercado de Trabalho e Serviço Social (CNPq) e do Grupo de Estudos Dýnamis.

Referências

AMAZONLOG17. Informativo Especial da 16ª Bda Inf Sl, Tefé - AM - Edição: AMAZONLOG17, 2017.

ARBEX JR, J. Um jogo de poder nas Américas. São Paulo Moderna LTDA, 1997.

POR QUE o governo dos EUA acusa Nicolás Maduro de chefiar cartel do narcotráfico (2020) BBC News Brasil. Disponível em: https://www.bbc.com/portuguese/internacional-52056848, Acesso em: 1 jul.2020.

FERNÁNDEZ, R. C. Bases militares dos EUA na América Latina e no Caribe. O plano da América do Sul. Granma. 2018. Disponível em: http://pt.granma.cu/mundo/2018-08-16/bases-militares-dos-eua-na-america-latina-e-no-caribe-o-plano-da-america-do-sul. Acesso em: 15 jul. 2020.

FRAGA, P. C. P. A geopolítica das drogas na América Latina. Revista em Pauta, Rio de Janeiro, n.19, p.67-88, nov, 2007.

GONÇALVES, S. S. A Nova Estratégia da Política Externa dos Estados Unidos no mundo pós-Guerra Fria. 2004. Dissertação (Mestrado em Relações Internacionais) - Instituto de Relações Internacionais, Pontifica Universidade Católica, Rio de Janeiro, 2004.

HOBSBAWM, E. Historia del siglo XX. Buenos Aires: Guijalbo Mondadori, 1999.

JANSEN, N. Drogas, Imperialismo e luta de classes. Paraná, Revista Urutágua, 2007.

MÁFIA, CIA e tráfico de drogas: aliança estratégica contra Cuba. Nova Cultura, 2018. Disponível em: https://www.novacultura.info/single-post/2018/10/22/Mafia-CIA-e-trafico-de-drogas-alianca-estrategica-contra-Cuba, Acesso em: 17 jun. 2020.

MELO. L. Gringos de farda na Amazônia: Operação AmazonLog junta Brasil e Estados Unidos na floresta e provoca discórdia entre militares. 2017. Disponível em: https://projetocolabora.com.br/florestas/gringos-de-farda-na-amazonia-amazonlog/. Acesso em: 19 jun. 2020.

MORENO. E. Obituário Manuel Noriega, de espião da CIA a ditador ligado ao tráfico de drogas. Reuters. 2017. Disponível em: https://cn.reuters.com/article/panama-noriega-obituario-idBRKBN18Q17X-OBRTP. Acesso em: 15 jul. 2020.

OLIVEIRA, E. A. A política de emprego na Itália e no Brasil: a precarização protegida e a precarização desprotegida. Curitiba: Editora CRV, 2017.

OLIVEIRA, E. A. Política Social: políticas para o capital ou para o trabalhador? Argumentum, Vitória, v. 10, n. 3, p. 232-243, set/dez 2018.

OPERATION Husky: how mobster lucky luciano aided the U.S. In WWII. All That's Interesting, 2017. Disponível em: https://allthatsinteresting.com/operation-husky-lucky-luciano. Acesso em: 28 maio 2020.

PERFEITO, N. A influência das convenções internacionais e do proibicionismo na política de drogas incorporada pela legislação penal brasileira a influência das convenções internacionais e do proibicionismo na política de drogas incorporada pela legislação penal brasileira. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Direito) ‒ Centro de Ciências Jurídicas, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2018.

RODRIGUES, T. M. S. A infindável guerra americana: Brasil, EUA e o narcotráfico no continente. São Paulo em Perspectiva, São Paulo, v.16, n.2, abr.-jun, 2002.

RODRIGUES, T. M. S. Narcotráfico e militarização nas Américas: vício de guerra. Contexto internacional, Rio de Janeiro, v.34, n.1, p.9-41, jun, 2012.

SANTOS. R. O. Medo, paranoia, macarthismo e o século XXI: Usando o episódio 22 de além da imaginação em sala de aula. História: Questões & Debates, Curitiba, v. 67, n. 1, p. 283-306, jan/jun, 2019.

TAFFARELLO, R. F. Drogas: falências do proibicionismo e alternativas de política criminal. 2009. 153 f. Dissertação (Mestrado em Direito Penal) ‒ Universidade de São Paulo, São Paulo, 2009.

TEIXEIRA, M. F. Os acordos internacionais e as políticas públicas de controle do uso de drogas no Brasil. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Relações Internacionais) ‒ Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2017.

TIGRE MAIA, R. Lavagem de dinheiro: lavagem de ativos provenientes de crime; anotações às disposições criminais da Lei n. 9.613/98. São Paulo: Malheiros, 1999.

UNODC - UNITED NATION OFFICE ON DRUGS AND CRIME. Plano Colômbia, 2018. Disponível em: https://3minionuunodc2018.wordpress.com/2018/08/13/plano-colombia/. Acesso em: 11 maio 2020.

ZIMMERMANN, M. A Revolução Nicaraguense. Editora UNESP: São Paulo, 2006.

Downloads

Publicado

2021-12-15

Como Citar

Rodrigues, P. de O., & Oliveira, E. A. de. (2021). A política antidrogas dos EUA como estratégia de controle econômico e político da América Latina. Mundo Livre: Revista Multidisciplinar, 7(2), 254-270. Recuperado de https://periodicos.uff.br/mundolivre/article/view/47684

Edição

Seção

Artigos