A potenciação da expropriação no ultraneoliberalismo brasileiro

Autores

Palavras-chave:

Crise do capital. “Questão social”. Expropriação.

Resumo

O presente artigo objetiva analisar por meio da pesquisa hemerográfica a fontes midiáticas digitais, as principais medidas adotadas para a retomada da taxa de lucros do capital durante os governos ultraneoliberais no Brasil. O que se vislumbrou foi o aprofundamento do quadro de contrarreformas dos direitos sociais e trabalhistas, identificados como formas contemporâneas de expropriação, que são responsáveis pela transformação de todos os meios de vida em capital, através do desmonte das políticas sociais e trabalhistas e da privatização do fundo público. Consequentemente, tivemos o redimensionamento da “questão social” no país, o que agravou o seu quadro de desigualdade social estrutural, ao passo que aprofundou os limites mínimos para a sobrevivência da classe trabalhadora

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Thaís Lopes Côrtes, Universidade do Estado do Rio de Janeiro

Doutoranda, Serviço Social pelo Programa de Pós-Graduação em Serviço Social da Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Mestre, Serviço Social pelo Programa de Pós-Graduação em Serviço Social da Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Autora correspondente. Pesquisadora do Programa de Estudos de América Latina e Caribe do Centro de Ciências Sociais (PROEALC/CCSUERJ) e do Núcleo de Pesquisas e Estudos Socioambientais (NESA/UFF Campos). E-mail: thaislopescortes@gmail.com . O presente artigo recebeu apoio da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior – Brasil (CAPES) – Código de Financiamento 001 Brasil. 

Referências

AGÊNCIA BRASIL. Governo bloqueia quase R$ 30 bilhões de despesas do Orçamento da União. Disponível em: https://paraibaonline.com.br/2019/03/governo-bloqueia-quase-r-30-bilhoes-de-despesas-do-orcamento-da-uniao/. Acesso em: 13 jan. 2020.

ANTUNES, Ricardo. O privilégio da servidão. São Paulo: Boitempo, 2018, p. 1 – p. 168, p. 227 – p. 298.

ANTUNES, Ricardo; DRUCK, Graça. A epidemia da terceirização. In: ANTUNES, Ricardo. Riqueza e miséria do trabalho no Brasil. São Paulo: Boitempo, 2014. v. 3, p. 13 – p. 24.

BARBOSA, Rosangela Nair de C. Questão social, crise do capital e formação profissional: desafios ao Serviço Social na contemporaneidade. Revista Sociedade em debate, Pelotas, v. 24, n. 2, maio/ago, 2018.

BASÍLIO, Ana Luiza. Future-se: entenda os principais pontos do programa do MEC. Disponível em: https://www.cartacapital.com.br/educacao/future-se-entenda-os-principais-pontos-do-programa-do-mec/. Acesso em: 30 jan. 2020.

BBC NEWS. O que é a MP 870 e por que ela virou um cabo de guerra entre governo e Congresso. Disponível em: https://www.bbc.com/portuguese/brasil-48367849>. Acesso em: 15 jan. 2020.

BEHRING. Elaine. Fundo público, expropriações no capitalismo em crise. In: Boschetti, Ivanete (org.). Expropriação e direitos no capitalismo. São Paulo: Cortez, 2018. p. 187 – p. 209.

BOSCHETTI, Ivanete. Expropriação de direitos e reprodução da força de trabalho. In: Boschetti, Ivanete (org.). Expropriação e direitos no capitalismo. São Paulo: Cortez, 2018. p. 131 – p. 165.

BRASIL. Decreto Nº 9.661, de 1º de janeiro de 2019. Disponível em: http://www.in.gov.br/materia/-/asset_publisher/Kujrw0TZC2Mb/content/id/57510734/do1esp-2019-01-01-decreto-n-9-661-de-1-de-janeiro-de-2019-57510684. Acesso em 15 jan. 2020a.

BRASIL. Decreto Nº 9.685, de 15 de janeiro de 2019. Disponível em: https://www2.camara.leg.br/legin/fed/decret/2019/decreto-9685-15-janeiro-2019-787625-norma-pe.html. Acesso em: 13 jan. 2020b.

BRESCIANINI, Carlos. Orçamento aprovado pelo Congresso para 2020 é o mais restritivo dos últimos anos. Disponível em: https://www12.senado.leg.br/noticias/materias/2019/12/27/orcamento-aprovado-pelo-congresso-para-2020-e-o-mais-restritivo-dos-ultimos-anos. Acesso em: 12 jan. 2020.

CARAM, Bernardo; CALGARO, Fernanda. Câmara aprova projeto que permite terceirização irrestrita. Disponível em: https://g1.globo.com/politica/noticia/camara-aprova-texto-base-de-projeto-que-permite-terceirizacao-irrestrita.ghtml. Acesso em 13 jan. 2020.

CARAM, Bernardo. Temer assina decreto que reajusta salário mínimo para R$ 937 em 2017. Disponível em: https://g1.globo.com/economia/noticia/temer-assina-decreto-que-reajusta-salario-minimo-para-r-937-em-2017.ghtml. Acesso em: 30 jan. 2020.

CARCANHOLO, Reinaldo; Nakatani, Paulo. O capital especulativo parasitário: uma precisão teórica sobre o capital financeiro, característico da globalização. In: GOMES, Elder. Especulações e lucros fictícios. São Paulo: Outras Expressões, 2015. p. 31 – p. 60.

CARRANÇA, Thaís. Remuneração média mensal de intermitente equivale a 80% do salário mínimo. Disponível em: https://valor.globo.com/brasil/noticia/2020/01/21/remuneracao-media-mensal-de-intermitente-equivale-a-80percent-do-salario-minimo.ghtml?fbclid=IwAR3E6jPTH1jFLRnktEZxrYEwHZf_6hJvGn15C9NCEF5BuVG0RfvX4F2LUG4. Acesso em 24 jan. 2020.

CARTA CAPITAL. Desigualdade: Brasil tem a 2ª maior concentração de renda do mundo. Disponível em: https://www.cartacapital.com.br/sociedade/desigualdade-brasil-tem-a-2a-maior-concentracao-de-renda-do-mundo/. Acesso em: 14 jan. 2020.

CHADE, Jamil. Concentração de renda sobe e Bolsonaro aprofunda desigualdade, diz Oxfam. Disponível em: https://noticias.uol.com.br/colunas/jamil-chade/2020/01/20/concentracao-de-renda-sobe-e-bolsonaro-aprofunda-desigualdade-diz-oxfam.htm?fbclid=IwAR0-DH1bm2J28_mcxO-Sw8-s2muuKmBbgnzXT2eaaF6XQCb8koC-MBxteuA. Acesso em 30 jan. 2020.

CHESNAIS, François. O fim de um ciclo: alcance e curso da crise financeira. In: GOMES, Elder. Especulações e lucros fictícios. São Paulo: Outras Expressões, 2015. p. 205 – p. 246.

EINLOFT, Denis. O golpe da MP Verde e Amarela no pagamento de créditos trabalhistas. Disponível em: https://www.cartacapital.com.br/blogs/lado/o-golpe-da-mp-verde-e-amarela-no-pagamento-de-creditos-trabalhistas/. Acesso em: 30 jan. 2020.

FERNANDES, Adriana. Bolsonaro amplia gastos com Defesa e corta Educação. Disponível em: https://economia.estadao.com.br/noticias/geral,bolsonaro-amplia-gastos-com-defesa-ecortaeducacao,70003179496?utm_source=facebook%3Anewsfeed&utm_medium=socialorganic&utm_campaign=redessociais%3A012020%3Ae&utm_content=%3A%3A%3A&utm_term&fbclid=IwAR3BCvOK_ZczXylZJFeSUd_HO7OfZ5eCvxntrVy9AQOVFhB2zsOKgjh5VbM. Acesso em: 31 jan. 2020.

FONTES, Virgínia. A expropriação dos meios de existência no capital – expropriações, mercado e propriedade. In: Boschetti, Ivanete (org.). Expropriação e Direitos no Capitalismo. São Paulo: Cortez, 2018. p. 17 – p. 62.

FONTES, Virgínia. Imperialismo e Crise. In: SAMPAIO JÚNIOR, Plínio de Arruda (org.). Capitalismo em crise: a natureza e dinâmica da crise econômica mundial. São Paulo. Editora Instituto José Luís e Rosa Sundermann, 2009. p. 57 – p. 73.

FONTES, Virgínia. O Brasil e o Capital-imperialismo: teoria e história. 3 ed. Editora UFRJ. 2012.

FORUM DE SEGURANÇA PÚBLICA. Anuário Brasileiro de Segurança Pública 2019. Disponível em: http://www.forumseguranca.org.br/wp-content/uploads/2019/09/Anuario-2019-FINAL-v3.pdf/. Acesso em 26. dez. 2019.

GERBELLI, Luiz Guilherme. Brasil caminha para década com crescimento mais fraco em 120 anos. Disponível em: https://g1.globo.com/economia/noticia/2019/03/25/brasil-caminha-para-decada-com-crescimento-mais-fraco-em-120-anos.ghtml. Acesso em 14. jan. 2020.

GUIMARÃES, José. Governo Temer, a PEC 241 e o golpe contra os direitos sociais do povo. Disponível em: https://www.brasil247.com/blog/governo-temer-a-pec-241-e-o-golpe-contra-os-direitos-sociais-do-povo. Acesso em: 11 jan. 2020.

HARVEY, David. O Novo Imperialismo. 8. ed. São Paulo. Edições Loyola. 2014.

HARVEY, David 17 contradições e o fim do capitalismo. São Paulo. Boitempo, 2016.

IAMAMOTO, Marilda. Serviço Social em tempo de capital fetiche: capital financeiro, trabalho e questão social. 5 ed. São Paulo, Cortez, 2011.

LUGARINI, Verônica. Após cortes, Minha Casa Minha Vida tem menor verba desde 2009. Disponível em: https://vermelho.org.br/2018/09/11/apos-cortes-minha-casa-minha-vida-tem-menor-verba-desde-2009/. Acesso em: 26 dez. 2019.

MAGALHÃES, Ana. Reforma da Previdência ignora R$ 426 bilhões devidos por empresas ao INSS. Disponível em: https://reporterbrasil.org.br/2017/02/reforma-da-previdencia-ignora-r-426-bilhoes-devidos-por-empresas-ao-inss/. Acesso em: 09 jan. 2020.

MARTELLO, Alexandro. Dívida pública tem alta de 9,5% em 2019 e chega a R$ 4,24 trilhões; maior valor da série histórica. Disponível em: https://g1.globo.com/economia/noticia/2020/01/28/divida-publica-tem-alta-de-95percent-em-2019-e-chega-a-r-424-trilhoes-maior-valor-da-serie-historica.ghtml?fbclid=IwAR0qvf1kzxEKIljKiQhpYUWaZMkjJAuEXkuFbq-uNC98tZgP32287plWtEo. Acesso em: 31 jan. 2020.

MARX, Karl. A lei geral da acumulação capitalista. In: MARX, Karl. O capital: crítica da economia política. 23 ed. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2009. Livro I, v. II. p. 713 – p. 749.

MARX, Karl. A assim chamada acumulação primitiva. In: MARX, Karl. O Capital: crítica da economia política. O processo de produção do capital. Trad. Rubens Enderle. São Paulo: Boitempo, 2013, Livro I, p. 959 – p.989.

MÁXIMO, Wellton. Orçamento terá corte de R$ 4,7 bi para adequar-se ao teto de gastos. Disponível em: http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-01/orcamento-tera-corte-de-r-47-bi-para-adequar-se-ao-teto-de-gastos. Acesso em 13. jan. 2020.

MAZUI, Guilherme. Bolsonaro anuncia envio ao Congresso de projeto que isenta militar de punição em operação. Disponível em: https://g1.globo.com/politica/noticia/2019/11/21/bolsonaro-anuncia-envio-ao-congresso-de-projeto-que-preve-isencao-de-punicao-para-militares-e-policiais-em-operacoes-de-glo.ghtml. Acesso em: 12 jan. 2020.

MELO, Ésio. Reforma trabalhista altera em mais de 100 pontos a CLT. Saiba o que mudou. Disponível em: http://www.sintietfal.org.br/2017/11/reforma-trabalhista-altera-em-mais-de-100-ponto-clt-saiba-o-que-mudou/. Acesso em 13 jan. 2020.

MENDONÇA, Heloísa. Bolsonaro arma show para eclipsar o tímido aumento do PIB em 2019. Disponível em: https://brasil.elpais.com/economia/2020-03-04/pib-avanca-11-em-2019-uma-fraca-retomada-que-ja-perde-folego-diante-do-coronavirus.html?fbclid=IwAR20yHu7wf215HBgC7BKle1A-vMMSER8Sq6vIGxfiGgHfRji3wsgv53vhVY/. Acesso em: 04 mar. 2020.

MÉSZÁROS, István. Marx, nosso contemporâneo, e seu conceito de globalização. In: ANTUNES, Ricardo. Riqueza e Miséria do Trabalho no Brasil III. São Paulo: Boitempo, 2014, p. 25 – p. 36.

MOTTA, Cláudia. Governo Bolsonaro manobra para reduzir recursos e atendimentos do SUS. Disponível em: https://www.redebrasilatual.com.br/saude-e-ciencia/2019/12/nao-e-boato-bolsonaro-corta-recursos-sus/. Acesso em: 13. jan. 2020.

MIRANDA, Flávio. Desenvolvimento desigual e mercado mundial em Marx. Rio de Janeiro: Consequência, 2018, p. 175-232.

MODELLI, Laís. Sarampo, pólio, difteria e rubéola voltam a ameaçar após erradicação no Brasil. Disponível em: https://www.bbc.com/portuguese/brasil-44706026. Acesso em 29. jan. 2020.

MOTA, Ana Elizabete. Expropriações contemporâneas: hipóteses e reflexões. In: Boschetti, Ivanete (org.). Expropriação e direitos no capitalismo. São Paulo: Cortez, 2018. p. 167 – p. 186.

MOTA, Ana Elizabete. Questão Social e Serviço Social: um debate necessário. In: MOTA, Ana Elizabete (org.). O mito da assistência social: ensaios sobre Estado, Política e Sociedade. 4 ed. São Paulo. Cortez, 2010. p. 21 – p. 57.

NAKATANI, Paulo; GOMES, Elder. A natureza e as contradições da crise capitalista. In: GOMES, Elder. Especulações e lucros fictícios. São Paulo: Outras Expressões, 2015. p. 247 – p. 275.

NETTO, José Paulo. Cinco Notas a Propósito da “Questão Social”. Temporalis, Espírito Santo v. 2, n. 3, jan./jun. 2001.

NETTO, José Paulo. Capitalismo e barbárie contemporânea. Argumentum, Vitória, v. 4, n.1, jan/jun. 2012.

NOZAKI, William. A privatização em “marcha forçada” nos governos Temer e Bolsonaro. Disponível em: https://diplomatique.org.br/a-privatizacao-em-marcha-forcada-nos-governos-temer-e-bolsonaro/. Acesso em: 30 jan. 2020.

REPÓRTER BRASIL. MP da liberdade econômica retira direitos e afrouxa a lei trabalhista. Disponível em: https://www.cartacapital.com.br/sociedade/mp-da-liberdade-economica-retira-direitos-e-afrouxa-a-lei-trabalhista/. Acesso em 30 jan. 2020.

REVISTA FÓRUM. Bolsonaro corta R$ 500 milhões no programa nacional de imunização. Disponível em: https://revistaforum.com.br/politica/bolsonaro/bolsonaro-corta-r-500-milhoes-no-programa-nacional-de-imunizacao/. Acesso em: 15 jan. 2020.

RODRIGUEZ, Emilio. Corte de R$ 19,8 bilhões no Ministério da Educação no orçamento para 2020. Disponível em: https://jornalistaslivres.org/corte-de-r-198-bilhoes-no-ministerio-da-educacao-no-orcamento-para-2020/. Acesso em: 12 jan. 2020.

SAMPAIO JÚNIOR, Plínio de Arruda. Apresentação. In: SAMPAIO JÚNIOR, Plínio de Arruda (org). Capitalismo em crise: a natureza e dinâmica da crise econômica mundial. São Paulo: Editora Instituto José Luís e Rosa Sundermann, 2009. p. 07 – p. 25.

SANTOS, Josiane. Particularidades da “Questão Social” no Brasil: elementos para o debate. Temas & Matizes, Cascavel, v. 9, n. 17, 2010.

SENADO NOTÍCIAS. Senado aprova que prorroga a DRU até 2023. Disponível em: https://www12.senado.leg.br/noticias/materias/2016/08/24/senado-aprova-proposta-que-prorroga-a-dru-ate-2023. Acesso em: 11 jan. 2020.

SOUSA, Yvna. Governo federal anuncia corte de R$ 2,3 bilhões no Orçamento. Disponível em: https://g1.globo.com/economia/noticia/2018/11/22/governo-federal-anuncia-corte-de-r-23-bilhoes-no-orcamento.ghtml. Acesso em 13 jan. 2020.

TAJRA, Alex. Cortes no Bolsa Família impulsionam aumento da extrema pobreza no Brasil. Disponível em: https://noticias.uol.com.br/politica/ultimas-noticias/2020/02/19/cortes-no-bolsa-familia-impulsionam-aumento-da-extrema-pobreza-no-brasil.htm. Acesso em: 13 jan. 2020.

Downloads

Publicado

2021-06-14

Como Citar

Côrtes, T. L. (2021). A potenciação da expropriação no ultraneoliberalismo brasileiro. Mundo Livre: Revista Multidisciplinar, 7(1), 62-85. Recuperado de https://periodicos.uff.br/mundolivre/article/view/48249

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)