Os sentidos e a urgência de transformação

Paula Braga

Resumo


O artigo discute o texto de Hélio Oiticica The Senses Pointing Towards a New Transformation, de 1969, e os conceitos que o embasaram, defendendo a retomada do corpo como potência e proposta para a arte contemporânea.

Palavras-chave


Oiticica; Crelazer; corpo; Merleau-Ponty

Texto completo:

PDF

Referências


BELTING, Hans. A janela e o muxarabi: uma história do olhar entre Ocidente e Oriente. In ALLOA, Emmanuel (Org.). Pensar a imagem. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2015.

BRAGA, Paula. Hélio Oiticica: singularidade, multiplicidade. São Paulo: Perspectiva, 2013.

CAUQUELIN, Anne. A invenção da paisagem. São Paulo: Martins Fontes, 2007.

CLARK, Lygia; OITICICA, Hélio. Lygia Clark – Hélio Oiticica: Cartas, 1964-74. (Organização de Luciano Figueiredo). Rio de Janeiro: UFRJ, 1998.

MARCUSE, Herbert. Eros e Civilização: uma interpretação filosófica do pensamento de Freud. Rio de Janeiro, LTC, 1999.

MERLEAU-PONTY, Maurice. Fenomenologia da Percepção. (Tradução de Carlos Alberto Ribeiro de Moura). São Paulo: Martin Fontes, 2006.

OITICICA, Hélio. The Senses Pointing towards a New Transformation. Arquivo HO 0486/69. Rio de Janeiro: Projeto HO, 2006.

OITICICA, Hélio. Sem título. Arquivo HO 133.68. Rio de Janeiro: Projeto HO, 2006.

OITICICA, Hélio. Aspiro ao grande labirinto. Rio de Janeiro: Rocco, 1986.




DOI: https://doi.org/10.22409/poiesis.v20i34.38310

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Paula Braga