POLÍTICAS CURRICULARES NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO - O Discurso do Sujeito Coletivo dos Professores de Ciências

Diego Mota, Denise Rocha Correa Lannes

Resumo


O ensaio aborda a política curricular da rede estadual de educação do Rio de Janeiro. A pesquisa possui como questão central conhecer as concepções dos professores de Ciências acerca do Currículo Mínimo (CM) dessa disciplina. Esta análise, aportada na Teoria  das Representações Sociais e no Discurso do Sujeito Coletivo, busca explorar os elementos centrais no discurso de 15 docentes sobre do currículo. Os resultados mostram a necessidade de ajustes na implantação do currículo para aproximar os docentes do Currículo Mínimo, o qual propõe desenvolver competências na sala de aula.

Palavras chave: currículo escolar; políticas educacionais; professores.


Texto completo:

PORTUGUÊS


DOI: https://doi.org/10.22409/mov.v5i8.433

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

 Fontes de indexação:

                                                                              

 

 

Apoio:

 

                                                                  

   

 

                              

 

 

 

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional

click counter
click counter
click counter