O efeito de real

Jean-Pierre Oudart

Resumo


A partir do que chama de efeito de real na arte ocidental, o autor apresenta uma análise do sistema figurativo da pintura européia, do Renascimento até o século XX, na tentativa de evidenciar como esse sistema não só pôs em prática, mas também aperfeiçou o dispositivo de inscrição do sujeito (o espectador) na representação. Pretende por aí propor um modelo de crítica artística que se possa estender às produções cinematográficas.

Palavras-chave


pintura ocidental; inscrição do sujeito; efeito de real

Texto completo:

PDF

Referências


Sem referências




DOI: https://doi.org/10.22409/poiesis.1013.241-259

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Jean-Pierre Oudart