Sobre a Revista

Foco e Escopo

A Revista Eletrônica Ensaios  foi fundada por discentes do curso de graduação em Ciências Sociais da Universidade Federal Fluminense ligados ao Nectar - Núcleo de Estudos Cidadania, Trabalho e Arte. Possui vinculo institucional com o Programa de Pós-Graduação em Sociologia - PPGS/UFF.  Atualmente contribui para a divulgação científica da Universidade Federal Fluminense. 

A Ensaios é voltada para a publicação de artigos, resenhas, ensaios, poemas, entrevistas e outras expressões científicas voltadas para a área das Ciências Humanas. Com caráter interdisciplinar, a revista corresponde à crescente presença da Sociologia e  das Ciências Sociais na formação de estudantes de outras áreas das Ciências Humanas e das Artes, Antropológia e Ciência Política.

A revista pretende ser estímulo à diversidade na produção científica, à interlocução entre graduandos, pós-graduandos e pós-graduados sem que se perca uma postura crítica frente ao campo de produção acadêmica.

Dirigida por estudantes da Universidade Federal Fluminense, a Ensaios pretende colaborar também com a formação profissional daqueles diretamente envolvidos na elaboração dessa publicação científica.

Contribuições deverão ser submetidas eletronicamente através do link:http://www.uff.br/periodicoshumanas/index.php/ensaios/user/register

 

Por favor, consulte as normas completas antes de submeter um manuscrito no campo Submissões.

 

Processo de Avaliação pelos Pares

Assim que recebidos, os trabalhos serão avaliadas pelos editores a fim de verificar se estão de acordo com as normas de publicação da Revista.

Caso não estejam normalizadas, os autores serão comunicados por e-mail para que realizem as modificações necessárias. Se estiverem de acordo com as normas, as colaborações serão encaminhadas para dois pareceristas e, em caso de pareceres contraditórios, uma terceira avaliação será requerida. A revisão é feita com base no blind review sendo emitido um parecer, que é encaminhado ao autor.

Os pareceres serão divididos em 4 (quatro) categorias: "Publicar como está", "Publicar com pequenas revisões", "Reformular e reapresentar" e "Não publicar." Os trabalhos, caso necessário, serão reenviados aos autores para correção e ajustes no prazo de 10 (dez) dias úteis. Os trabalhos que receberem pareceres de "Não publicar" terão como retorno os pareceres que justificam a recusa. Aqueles que forem aprovados pelos pareceristas após a revisão do autor ou autora segundo as indicações feitas, serão publicados mediante notificação ao autor ou autora.

 

Periodicidade

A Ensaios, de periodicidade semestral. 

A partir de 2021 possuimos a disponibilidade de publicação de: 1) Artigos originais, 2)Resenhas, 3)Relatos de experiência, 4)Revisões bibliográficas, 5)Notas de pesquisa, 6)Dossiês temáticos - dependendo de editais abertos, 7)Entrevistas, 8) Ensaios, 9)Etnografias visuais , 10)Poemas e 11)Poesias.

Não sendo obrigatório a publicação de todas estas sessões em todos os volumes.

Recebemos textos e trabalhos de graduandos e pós-graduandos. 

 

Política de Acesso Livre

Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporcionando maior democratização mundial do conhecimento.

 

 

Justificativa

É inédita a edição de uma revista eletrônica focada em trabalhos de graduandos e pós-graduandos de Ciências Sociais. Tal experiência proporcionará a familiarização, em especial dos estudantes da UFF, com a produção e interlocução acadêmicas, além de suprir a necessidade de divulgação de trabalhos realizados no âmbito do nosso Curso de Ciências Sociais. Seu caráter interdisciplinar favorecerá a ampliação da interlocução e dos interesses acadêmicos.

O projeto estimulará a reflexão dos alunos sobre a formação acadêmica em suas bases e a difusão da produção científica de forma livre e gratuita, além de proporcionar aos graduandos de diversas áreas espaço para publicação de seus trabalhos. Servirá também como laboratório para desenvolvimento de habilidades e conhecimentos práticos de edição e difusão da produção acadêmica.

A iniciativa beneficiará a realização de eventos sobre temáticas norteadoras das edições, estendendo a interseção do projeto nas diversas esferas acadêmicas. Ao ampliar os meios de divulgação e acesso aos resultados da pesquisa e da reflexão acadêmica, reforça-se outro aspecto próprio à produção do conhecimento, e sem o qual não se realiza: seu alcance pelo maior número de pessoas e das mais variadas formas.

 

Conselho Editorial

 

Ana Rosas Mantecón (Universidad Autônoma Metropolitana Iztapalapa, Mexico)

Andrea Roca (University of British Columbia, Canadá)

Anni Raw (Durham University, Grã-Bretanha)

Antoine Hennion (Centre de Sociologie de l' Innovation de l'Ecole Nationale Supérieure des Mines de Paris, França)

Arturo Morato (Universidade de Barcelona, Espanha)

Cornelia Eckert (Universidade Federal do Rio Grande do Sul)

Glaucia Villas Bôas (Universidade Federal do Rio de Janeiro)

Howard Becker (Pesquisador e autor independente que vive em São Francisco)

Irlys Barreira (Universidade Federal do Ceará)

José Vicente Tavares (Universidade Federal do Rio Grande do Sul)

Maria Antonietta Trasforini (Università degli Studi di Ferrara, Itália)

Mariza Peirano (Universidade de Brasília)

Sergio Miceli (Universidade de São Paulo)

Paula Guerra (Universidade do Porto, Portugal)

Vera Zolberg (in memoriam) (The New School for Social Research, EUA)

Voica Puscasiu (Universitatea Babeş-Bolyai, Romênia)

Sponsors

Agradecemos a todas as pessoas que de alguma maneira contribuíram para realização deste projeto.

Registramos nota especial ao NECTAR e a prof. Lígia Dabul. Sem sua orientação, dedicação e paciência não teríamos condições de realizar nossas idéias. Obrigado!

Agradecemos também:

A Coordenação de Curso de Ciências Sociais por estar sempre aberta a nos ouvir e aconselhar.

Ao Dpto. de Sociologia por acreditar e apoiar-nos neste início desta empreitada.

Aos Dptos. de Antropologia e de Ciência Política.

Ao Instituto de Ciências Humanas e Filosofia pela participação sempre positiva, criando possibilidades e meios para que nos pudéssemos concretizar nossas idéias.

A PROEX pela compreensão e aprovação.

Ao NECTAR e seus integrantes por todo apoio.

Ao Programa de Pós-Graduação em Sociologia.

 

Fontes de Apoio

Agradecemos ao NECTAR pela acolhida e apoio.

Agradecemos ao NUFEP pela acolhida e apoio.

A FAPERJ e ao CNPQ, de modo indireto.

A Associação Brasileira de Editores Ciêntíficos - ABEC pela acolhida.

Ao Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (IBICT), sempre solícito.

 

 

Histórico do periódico

A Revista Eletrônica Ensaios foi criada em 2008 por alunos do curso de graduação em Ciências Sociais da Universidade Federal Fluminense ligados ao Nectar - Núcleo de Estudos Cidadania, Trabalho e Arte, seu vínculo institucional. Hoje formada também por estudantes do curso de graduação em Sociologia e do mestrado e do doutorado do Programa de Pós-Graduação em Sociologia da UFF, a revista continua atuando com autonomia e reinventando os ímpetos que a fizeram existir: de modo independente, fazer circular e estimular a produção acadêmica e artística de estudantes de graduação e, agora, de pós-graduação, especialmente em ciências sociais; formar novas e novos editores científicos; refletir e atuar sobre o campo de publicação de periódicos em ciências sociais.

Ao longo de seu percurso a Ensaios produziu e participou de diversos eventos científicos. Por três vezes coordenou Fóruns em congressos da Sociedade Brasileira de Sociologia, trocando experiências com outras publicações de estudantes e apostando na formação de conexões entre elas. Também assessorou a criação de periódicos científicos e ofereceu inúmeras oficinas, algumas em eventos acadêmicos, para estudantes de graduação e pós-graduação.

A Ensaios assumiu diferentes composições e perfis: contou com estudantes de outros cursos, como Letras e História; há alguns anos é formada também por pós-graduandos; já foi projeto de extensão; e há tempos tem regularmente a participação de bolsistas de Desenvolvimento Acadêmico da Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis (PROAES) da UFF. Durante esses anos todos a Ensaios contou com o auxílio de diversas instâncias da UFF e instituições acadêmicas, e hoje está ligada ao Programa de Pós-Graduação em Sociologia da UFF, que a apoia e de muitos modos a acolhe.

A rara continuidade – são doze anos - de uma revista científica de estudantes deve-se à dedicação e criatividade das e dos participantes que nesse tempo a fizeram existir. E também tem a ver, paradoxalmente, com a notável impermanência de seus membros, sistematicamente abrigando novos interessados e vendo o afastamento – e por vezes a reinserção em algum momento - de formandos, dos que têm alguma bolsa finalizada ou compromisso que impede dedicação à revista. Os mais antigos recebem, facilitam os trabalhos e a formação dos que chegam à Ensaios, e conduzem com eles a afirmação livre dos novos traços e composição da revista, sempre renovada. Nesse momento a Ensaios investe, dentre outros itens, nas conexões produtivas entre estudantes de graduação e pós-graduação, e nos aprimoramentos e nos compromissos relativos à sua permanência em sistemas de indexação.

Não precisamos dizer o quanto nos orgulha colaborar com essa densa experiência, nascida e amadurecida naquele momento de profunda transformação da sociedade brasileira, desdobrada de maneira radical nas universidades. Apesar das turbulências de agora em nosso país, dispomos daquela vitalidade que chegou com a sua democratização e com as tantas apostas feitas então na ciência – na pesquisa, no ensino, na extensão – das quais a Revista Ensaios é significativa expressão.

Prof. Lígia Dabul
Nectar - Núcleo de Estudos Cidadania, Trabalho e Arte da UFF
Programa de Pós-Graduação em Sociologia da UFF