DINÂMICA SUBJACENTE AO PROCESSO DE HUMANIZAÇÃO DA PRÁTICA DO ENFERMEIRO DO TRABALHO

MARILEI DE MELO TAVARES E SOUZA

Resumo


O presente estudo buscou analisar o trabalho da enfermagem em sua dinâmica
subjacente ao processo de humanização, partindo de uma estratégia de ensino que
visava promover reflexão sobre o processo de trabalho de enfermagem. Realizou-se um
estudo exploratório de campo, de abordagem qualitativa com os alunos do Curso de
Especialização em Enfermagem do Trabalho. Recorreu-se a técnica de dramatização
como modo de expressão de experiências geradoras de sofrimento no ambiente de
trabalho. Verificou-se, com os resultados do estudo, que os métodos empregados pelo
enfermeiro em seu cotidiano de trabalho são de orientação tecnicista, marca de sua
formação. Tais métodos produzem como efeito um cuidar tardio/descuidado e a negação
do sofrimento, tanto dos trabalhadores como dos pacientes. Conclui-se que dinâmica
subjacente ao processo de cuidar dos enfermeiros em seu cenário de prática é marcada
por faltas que simbolizam a carência histórica de valorização social da profissão de
enfermagem.
Palavras-chave: Enfermagem; Humanização; Formação; Saúde do Trabalhador.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22409/resa2008.v1i2.a21030

Apontamentos

  • Não há apontamentos.