EDUCAÇÃO EM SAÚDE – PROPOSTA DE UTILIZAÇÃO DE UM MODELO NO ENSINO DE CIÊNCIAS

SHEILA SOARES DE ASSIS, JULIANA NOVO BORGES, NATHÁLIA PAPOULA, CÉLIA MARIA SANTIAGO, GERLINDE TEIXEIRA

Resumo


Este trabalho visa apresentar a utilização de um modelo didático na abordagem das doenças de veiculação hídrica como ferramenta auxiliar no ensino de ciências mais especificamente no tema de educação em saúde. São apresentados os resultados de uma investigação realizada a partir da execução de uma oficina onde se utiliza um protótipo de uma cidade que reproduz situações facilmente encontradas em regiões urbanas, suburbanas e rurais que foi realizada em eventos de educação não formal. Os resultados mostraram que esta estratégia de ensino em consonância com ideais preconizados pelos temas transversais para a abordagem do tema saúde. Apresenta-se como um material exitoso frente à questão do ensino passivo e não significativo a prática social do aluno
que comumente é empregado nas escolas, sejam públicas ou privadas. Vários participantes sugeriram a aplicação desta metodologia no ensino formal.
Palavras chave: educação em saúde, ensino de ciências, doenças de veiculação hídrica, ensino formal, ensino não formal.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22409/resa2010.v3i2.a21116

Apontamentos

  • Não há apontamentos.