“MUITO ALÉM DO PESO” – UMA DISCUSSÃO SOBRE OBESIDADE NUMA DIMENSÃO PEDAGÓGICA

Autores

  • Maria da Penha Martins Vido Fundação Oswaldo Cruz/Laboratório de Inovações em Terapias, Ensino e Bioprodutos
  • Felipe do Espirito Santo Silva-Pires Fundação Oswaldo Cruz/Laboratório de Inovações em Terapias, Ensino e Bioprodutos
  • Anna Cristina Calçada Carvalho Fundação Oswaldo Cruz/Laboratório de Inovações em Terapias, Ensino e Bioprodutos
  • Valéria da Silva Trajano Fundação Oswaldo Cruz/Laboratório de Inovações em Terapias, Ensino e Bioprodutos

DOI:

https://doi.org/10.22409/resa2020.v13i1.a28017

Resumo

A alimentação é reconhecida como um direito humano fundamental pela Constituição Federal Brasileira de 1988. Atualmente, hábitos alimentares pouco saudáveis e redução na prática de atividades físicas podem estar diretamente relacionados com o aumento da prevalência de casos de obesidade e doenças crônicas na população brasileira. Uma das principais medidas para promover a saúde e a qualidade de vida é a educação alimentar e nutricional, e o cinema com suas representações da realidade repletas de imagens e sons pode favorecer o debate e a criticidade nas salas de aula. Nesse sentido, analisamos o documentário “Muito Além do Peso”, quanto ao seu potencial pedagógico para a discussão da educação alimentar e nutricional. Inicialmente, realizamos uma pré-análise para identificar cenas relevantes sobre problemas relacionados à alimentação, e posteriormente esse conteúdo foi analisado quanto a veracidade científica no que tange a saúde e seu potencial como material educacional. O documentário retrata com muita propriedade e seriedade os problemas relacionados à obesidade infantil no Brasil por meio de uma série de entrevistas com famílias que possuem crianças com quadro de obesidade, e especialistas nacionais e internacionais dos campos da medicina, da nutrição, do direito, da psicologia e da publicidade. Sendo assim, “Muito Além do Peso” permite discussões e reflexões críticas sobre alimentação e nutrição de forma multifatorial.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2020-05-25

Edição

Seção

Artigos