Contribuições teórico-metodológicas para a educação ambiental com povos tradicionais

Carlos Frederico Bernardo Loureiro

Resumo


RESUMO: O presente artigo tem por objetivo contribuir com o debate sobre aspectos teórico-metodológicos fundamentais para uma prática educativa crítica com os povos tradicionais. Para tanto, parte-se do reconhecimento de que tais grupos sociais são os mais impactados em seus modos de vida pelo modelo de desenvolvimento em curso no país e que, portanto, são agentes prioritários nas lutas transformadoras das relações sociedade-natureza no capitalismo brasileiro. O texto está organizado a partir das seguintes categorias: a produção crítica do conhecimento; o diálogo e as artes como exigência da educação emancipadora; e a ancestralidade como condição primeira para o ato educativo. Estas não são as únicas categorias relevantes para a discussão proposta, mas ajudam a configurar o campo de atuação com sujeitos e suas tradições, que despertam interesse crescente na educação ambiental.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22409/resa2020.v0i0.a40188

Apontamentos

  • Não há apontamentos.