Brisas, Ardências e Sonhos de Pescadores da Galícia - Espanha

Giseli Dalla Nora, Michèle Sato

Resumo


Nosso texto é fruto de uma pesquisa realizada no âmbito da Rede Internacional de Justiça Climática e Educação Ambiental (REAJA), que envolve 5 países e 14 entidades, majoritariamente universidades brasileiras e estrangeiras. Acatando a interferência humana no colapso climático, buscamos pesquisar e criar táticas pedagógicas, junto com os grupos em situação de vulnerabilidade, para que eles possam zelar de seus próprios ambientes atingidos pelo clima. Este texto busca detalhar um destes grupos, que foi a comunidade de pescadores da Espanha, um dos países envolvidos na REAJA. Embora com algumas táticas sustentáveis e instrumentos que não agridem tanto os seres marinhos, as narrativas revelam que precisamos de mais meios de educomunicação que consigam dar audiência ao colapso climático. Processos formativos, pesquisas, militância, engajamento e resistências são preceitos que corroboram com o fortalecimento de políticas públicas que consigam ser inclusivas nas propostas estéticas e éticas da educação ambiental.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22409/resa2020.v0i0.a40234

Apontamentos

  • Não há apontamentos.