Há Rota de Fuga para Alguns, ou Somos Todos Vulneráveis? A Radicalidade da Crise e a Educação Ambiental

Mauro Guimarães, Pablo Ángel Meira Cartea

Resumo


Diante da degradação socioambiental crescente no mundo, apresentamos a mudança climática como um reflexo de uma crise que é civilizatória. A gravidade extrema deste problema demonstra a necessidade da urgência no enfrentamento pela Educação Ambiental em participar do processo de transformação radical do modo de vida da sociedade hegemônica atual. Para esta radicalidade necessitamos da formação de educadores ambientais transformados e transformadores.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22409/resa2020.v0i0.a40331

Apontamentos

  • Não há apontamentos.