Escritor, autor e leitor: presenças no mundo da literatura

Marcos Bueno

Resumo


O livro Escrita e Leitura faz uma análise da literatura resultante da tese nietzschiana da morte de Deus à luz da modernidade. Texto produzido com rigor, afirma que a literatura é uma forma de resistência e dominação aos mecanismos sutis de ordenação da linguagem. O autor relata a análise da experiência literária e suas conexões com a produção da subjetividade na escrita e na leitura. Resgatando Foucault quando afirma que uma obra literária exige três presenças: do escritor que produz, do autor que publica e do leitor que interpreta o texto dentro de dupla subjetividade, do autor e do leitor.


Palavras-chave


escrita e leitura; subjetividade; experiência literária

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Creative Commons License
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

 

Apoio:



Indexadores:



Arquivamento:



Facebook: