Epistemologia e formação do psicólogo: discussões contemporâneas

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22409/1984-0292/2022/v34/5859

Palavras-chave:

psicologia, abordagem, interdisciplinaridade, formação, complexidade

Resumo

Este ensaio teórico discute a formação do psicólogo a partir de seu campo epistemológico e de seus desafios contemporâneos. O tema é problematizado a partir da constituição histórica e teórica da psicologia até as complexas demandas da formação e da atuação profissional, considerando as diretrizes da graduação e da pós-graduação. Para isso, são apresentados aspectos relativos à constituição epistemológica da psicologia – a sua história, a associação de seus pressupostos teóricos e a configuração atual, cujos limites são determinados nos espaços de intersecção com outras áreas da ciência –, bem como relativos à formação profissional. Aspectos históricos e políticos, abordagens, ênfases, áreas, interfaces, objetos, teorias, pressupostos, prática, complexidade, disciplinaridade, paradigmas e interdisciplinas são elementos que atravessam essa discussão. A psicologia se caracteriza como uma ciência de epistemologia plural, de currículo integrador, que visa a formar um profissional generalista. Espera-se que as provocações apresentadas subsidiem outras pesquisas sobre as conexões entre a formação e as formas de pensamento emergentes nas ciências.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

George Moraes De Luiz, Universidade Federal de Rondonópolis, Rondonópolis, MT

Possui Graduação em Psicologia pela Universidade Federal de Mato Grosso (2008), onde desenvolveu Projeto de Pesquisa de Iniciação Científica (2005-2008) com bolsa do CNPq. Cursou disciplinas e desenvolveu atividades práticas no Mestrado Integrado em Psicologia do Trabalho, das Organizações e dos Recursos Humanos, e no Instituto da Infância, na Universidade do Minho, Braga, Portugal (2007-2008), com bolsa do Programa Santander Universidades. Mestre (2011) e Doutor em Psicologia Social (2015) pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, com bolsa CNPq no Mestrado e bolsa CAPES e CNPq no doutorado, respectivamente. Realizou Estágio Doutoral no Grupo de Investigação de Estudos Sociais em Ciência e Tecnologia (GESCIT), na Universidade Autônoma de Barcelona, Barcelona, Espanha (2014), com bolsa CAPES. Ganhador do Prêmio Jovem Investigador de Mérito em Psicologia da Saúde, concedido pela Sociedade Portuguesa de Psicologia da Saúde, Porto, Portugal (2008). Tem experiência na área de Psicologia, com ênfase em Psicologia Social e Comunitária. Foi Professor Substituto do Departamento de Psicologia da Universidade Federal de Mato Grosso, Campus Rondonópolis ( 2011 a 2013) e do Campus Cuiabá (2016 a 2018), nessa última experiência atuou como docente do Núcleo de Educação Aberta e à Distância (NEAD/UAB), responsável pela coordenação pedagógica do curso de Pedagogia do Polo de Primavera do Leste. Igualmente foi Professor Titular do Curso de Psicologia do UNIVAG - Centro Universitário (2016 a 2021), onde participou do Núcleo Docente Estruturante (NDE), do Colegiado do Curso de Psicologia e do Comitê de Ética em Pesquisa (CEP). Atualmente, é Professor Adjunto I do Curso de Psicologia da Universidade Federal de Rondonópolis, e conselheiro do Conselho Regional de Psicologia 18ª Região (MT), onde também é Coordendor da Comissão de Psicologia na Assistência Social. E-mail: george@ufr.edu.br

Thiago Araújo Bezerra de Sousa, Centro Universitário de Várzea Grande, Várzea Grande, MT

Possui graduação em Psicologia pelo Centro Universitário de Várzea Grande(2016), graduação em Psicologia pela Universidade de Cuiabá(2005), graduação em Naturologia Aplicada pela Universidade do Sul de Santa Catarina(2010), especialização em Acupuntura pela Faculdade de Tecnologia em Saúde CIEPH(2014) e ensino-medio-segundo-graupela Rede Salesiana Brasil - Colégio Salesiano São Gonçalo(2001). Atualmente é Psicólogo do Centro de Intervenção e Reabilitação Para Dependentes Químicos. Tem experiência na área de Psicologia, com ênfase em Tratamento e Prevenção Psicológica.

Referências

ABIB, José Antônio Damásio. Epistemologia pluralizada e história da psicologia. Scientiae Studia, São Paulo, v. 7, n. 2, p. 195-208, 2009. https://doi.org/10.1590/S1678-31662009000200002

ALENCAR, Helenira Fonsêca. A presença da interdisciplinaridade e transdisciplinaridade na psicologia brasileira. 2015. 233 f. Tese (Doutorado) – Programa de Pós-graduação em Psicologia, Universidade Federal da Bahia, Salvador, 2015. Disponível em: https://repositorio.ufba.br/handle/ri/18640. Acesso em: 22 abr. 2016.

ALMEIDA FILHO, Naomar. Transdisciplinaridade e o paradigma pós-disciplinar na saúde. Saúde e Sociedade [online], v 14, n. 3, p. 30-50, 2005. https://doi.org/10.1590/S0104-12902005000300004

BOCK, Ana Mercês Bahia; FURTADO, Odair; TEIXEIRA, Maria de Lourdes. Psicologias: uma introdução ao estudo de psicologia. 14. ed. São Paulo: Saraiva, 2008.

BRASIL. Ministério da Educação. Conselho Nacional de Educação. Câmara de Educação Superior. Resolução n. 5, de 15 de março de 2011. Disponível em http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=7692-rces005-11-pdf&category_slug=marco-2011-pdf&Itemid=30192. Acesso em: 14 ago. 2016.

BRASIL. Ministério da Saúde. Conselho Nacional de Saúde. Resolução Nº 597, de 13 de setembro de 2018. Disponível em: https://www.in.gov.br/materia/-/asset_publisher/Kujrw0TZC2Mb/content/id/52748594/do1-2018-11-30-resolucao-n-597-de-13-de-setembro-de-2018-52748138. Acesso em: 18 mar. 2022.

BURELL, Gibson; MORGAN, Gareth. Paradigmas sociológicos e análise organizacional. London: Heinemann, 1979.

CAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Diretoria de Avaliação. Avaliação trienal 2013. Período de Avaliação 2010-2013. Área de avaliação 37 – Psicologia. Disponível em: https://www.gov.br/capes/pt-br/centrais-de-conteudo/copy_of_Ensino2.pdf. Acesso em: 16 maio 2015.

CONSELHO FEDERAL DE PSICOLOGIA (CFP). Ano da formação em psicologia: revisão das diretrizes curriculares nacionais para os cursos de graduação em psicologia. Brasília: CFP, 2018.

CURY, Bruno de Morais; FERREIRA NETO, João Leite. Do currículo mínimo às diretrizes curriculares: os estágios na formação do psicólogo. Psicologia em Revista, Belo Horizonte, v. 20, n. 3, p. 494-512, 2014. Disponível em: http://pepsic.bvsalud.org/pdf/per/v20n3/v20n3a06.pdf. Acesso em: 12 out. 2021.

FIGUEIREDO, Luis Claudio Mendonça. Revisitando as psicologias: da epistemologia à ética das práticas e discursos psicológicos. 3. ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2004.

FOUCAULT, Michel. A ordem do discurso. Trad. Laura Fraga de Almeida Sampaio. 5. ed. São Paulo: Loyola, 1996.

GUARESCHI, Neuza Maria de Fátima et al. Formação em psicologia: o princípio da integralidade e a teoria da autopoiese. Revista Psicologia e Saúde, Campo Grande, v. 6, n. 1, p. 18-27, 2014. Disponível em: http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2177-093X2014000100004&lng=pt&nrm=iso. Acesso em: 30 mar. 2020.

MORIN, Edgar. Epistemologia da complexidade. In: SCHNITAMAN, Dora Fried (Org.). Novos paradigmas, cultura e subjetividade. Trad. Jussara Haubert Rodrigues. Porto Alegre: Artes Médicas, 1996.

NICOLACI-DA-COSTA, Ana Maria. A passagem interna da modernidade para a pós-modernidade. Psicologia: Ciência e Profissão [online], v. 24, n. 1, p. 82-93, 2004. https://doi.org/10.1590/S1414-98932004000100010

RUDÁ, Caio. Formação em Psicologia no Brasil: história, constituição e processo formativo. 2015. 191 f. Dissertação (Mestrado) – Programa de Pós-graduação em Estudos Interdisciplinares sobre a Universidade, Universidade Federal da Bahia, Instituto de Humanidades, Artes e Ciências Professor Milton Santos, 2015. Disponível em https://repositorio.ufba.br/ri/bitstream/ri/18384/1/Dissertac%CC%A7a%CC%83o%20Final%2014dez.pdf. Acesso em: 28 ago. 2016.

SERBENA, Carlos Augusto; RAFFAELLI, Rafael. Psicologia como disciplina científica e discurso sobre a alma: problemas epistemológicos e ideológicos. Psicologia em Estudo, Maringá, v. 8, n. 1, p. 31-37, 2003. https://doi.org/10.1590/S1413-73722003000100005

Downloads

Publicado

2022-06-24

Como Citar

DE LUIZ, G. M.; SOUSA, T. A. B. DE. Epistemologia e formação do psicólogo: discussões contemporâneas. Fractal: Revista de Psicologia, v. 34, p. Publicado em 24/06/2022, 24 jun. 2022.

Edição

Seção

Artigos