A cidade, a festa e a cultura popular

Nelson da Nobrega Fernandes

Resumo


Na  tradição dos estudos urbanos a festa e o ritual  foram um tema esquecido pelos geógrafos. O presente artigo procura situar as razões teóricas e epistemológicas para tal "esquecimento",  fundamentando as relações necessárias e arquetípicas entre a cidade e a  festa. Procura-se  também recuperar alguns princípios conceituais  sobre a  festa e a sua importância para  as  relações entre os grupos sociais, seu espaço e  a construção de  suas identidades, destacando-se o caso das escolas de samba do Rio de Janeiro.
Abstract:
Feast and ritual as a theme for research have been overlooked by geographers in  the urban studies tradition. This article aims to point out the theoretical and epistemological reasons for this "forgetting",  stating the necessary and archetypical relationships between the city and the feast. This study also recovers some conceptual principies about feast and  its significance to  the relationships among the social groups, their space and  the buil ding of their identities, highlighting  the case of Samba Schools in Rio de Janeiro. 

Palavras-chave


cidade; festa; identidade social

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22409/GEOgraphia2004.v6i11.a13468

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

Latindex Geodados Periódicos CAPES

GEOgraphia - Revista  do Programa de Pós-Graduação em Geografia da Universidade Federal Fluminense

Rua Gal. Milton Tavares, s/n, sala 508, Boa Viagem - Niterói - RJ,

CEP 24210-346

Periodiciodade Quadrimestral - ISSN 2674-8126 (Online). Os conteúdos da Revista GEOgraphia estão licenciados em CC BY.