Do cientista e sua (des)legitimação: Atila Iamarino e o contexto do Coronavírus no Brasil em 2020

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22409/rmc.v15i3.50952

Palavras-chave:

Ciência, Modernidade e Pós-modernidade, Legitimidade, Expertise, Twitter

Resumo

Neste texto, partimos das apreciações conceituais da pós-modernidade propostas por Jean-François Lyotard (2020) para observar e discutir a posição de legitimidade do cientista enquanto especialista envolvido na chamada ‘crise da expertise’ contemporânea, apresentada pelo autor Gil Eyal (2019). No percurso, refletimos brevemente sobre as principais mudanças na formação da ciência moderna, a ocorrência da pós-modernidade e a tensão nas relações de especialização. O material empírico se refere a uma série de comentários negativos a uma postagem opinativa do biólogo brasileiro Atila Iamarino na rede social Twitter, em junho de 2020. Na avaliação sobre quais elementos são evidenciados por usuários críticos ao cientista, as análises demonstraram a ausência de argumentos por parte dos opositores e a resistência ao uso de uma argumentação científica totalizante, com críticas não ao trabalho, mas à pessoa do cientista.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Gabriela Machado Ramos de Almeida, Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS

Professora titular do Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Práticas de Consumo da Escola Superior de Propaganda e Marketing (PPGCOM ESPM). Doutora em Comunicação e Informação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).

Danielly Bezerra dos Santos, Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM-SP)

Mestranda no Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Práticas de Consumo da Escola Superior de Propaganda e Marketing (PPGCOM ESPM). 

Referências

ALMEIDA, O. Modernidade, pós-modernidade e outras nublosidades. In: Cultura-Revista de História e Teoria das Ideias, V. 22, 2006.

ALMEIDA, C. “‘Make science great again’? O impacto da Covid-19 na percepção pública da ciência”. Dilemas: Revista de Estudos de Conflito e Controle Social, Reflexões na Pandemia, 2020.

BOURDIEU, P. Para uma Sociologia da Ciência. Lisboa, Portugal: Edições 70, 2004.

BRAGA, M. Et al. Breve história da ciência moderna, volume 4: a belle-époque da ciência. – 1.ed. – Rio de Janeiro: Zahar, 2008.

FRAGOSO, S.; RECUERO, R.; AMARAL, A. Métodos de pesquisa para internet. Porto Alegre: Editora Sulina, 2011.

EYAL, G. The Crisis of Expertise. Boston, Estados Unidos: Editora Polity, 2019.

GIDDENS, A. As consequências da modernidade. São Paulo: Editora Unesp, 1991.

LEONEL, M.; MESQUITA, M. A versão encantada da pós-modernidade. In: Revista de Estudos Culturais. 2014.

LYOTARD, J-F. A condição pós-moderna. 19. ed. Rio de Janeiro: Editora José Olympio, 2020.

MEIRELLES, P. Principais vozes da ciência no Twitter: Mapeando a conversa de cientistas e especialistas sobre a COVID-19. Relatório. Instituto Brasileiro de Pesquisa e Análise de Dados (IBPAD): Brasília, 2020.

MIRANDA, J.; COSTA, G. Reconfigurações do saber científico e implicações para o ensino superior. In: Educação (Porto Alegre, impresso), v. 37, n. 2, p. 288-296, maio-ago. 2014.

NOVAES, A. A ciência na pós-modernidade: a falência das metanarrativas e suas implicações na construção do paradigma científico contemporâneo. In: Acta Científica. Ciências Humanas, 1(12), 9-21, 2007. Disponível em: <https://unasp.emnuvens.com.br/acch/article/view/456>. Acesso em 22 jun. 2020.

REGO, A. R.; BARBOSA, M. A construção intencional da ignorância: o mercado das informações falsas. Rio de Janeiro: Mauad X, 2020.

RICHARDSON, R. J. Pesquisa social: métodos e técnicas. São Paulo: Atlas, 2012.

ROQUE, T. A queda dos experts. Revista Piauí, São Paulo, mai. 2021. Disponível em: <https://piaui.folha.uol.com.br/materia/queda-dos-experts/>. Acesso em: 10 Mai. 2021.

SACRAMENTO, I.; PAIVA, R. Fake news, WhatsApp e a vacinação contra febre amarela no Brasil. In: Revista Matrizes, V. 14, n. 1 jan./abr. 2020 São Paulo - Brasil.

Downloads

Publicado

2021-09-30

Como Citar

Ramos de Almeida, G. M., & Bezerra dos Santos, D. . (2021). Do cientista e sua (des)legitimação: Atila Iamarino e o contexto do Coronavírus no Brasil em 2020. Revista Mídia E Cotidiano, 15(3), 101-124. https://doi.org/10.22409/rmc.v15i3.50952