Leitura e consumo de livros, no Brasil, em tempos de COVID-19

Autores

  • Marília de Araujo Barcellos Universidade Federal de Santa Maria

DOI:

https://doi.org/10.22409/rmc.v16i1.52556

Palavras-chave:

Consumo, Leitura, Mercado editorial, Indústria do livro, COVID-19

Resumo

O presente estudo reúne um levantamento com leitores e consumidores de livros durante a epidemia de Covid-19, considerando-se a coleta de dados a partir de respondentes universitários do Departamento de Ciências da Comunicação da Universidade Federal de Santa Maria. O levantamento, em conjunto com análise proveniente de pesquisas do setor, traça um panorama com resultados disruptivos em virtude de hábitos adquiridos de março do ano de 2020 a setembro do ano seguinte.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marília de Araujo Barcellos, Universidade Federal de Santa Maria

Drª. em Letras pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio) - Professora Associada do Departamento de Ciências da Comunicação da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Membro do Núcleo de Produção Editorial da Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação Intercom, e integrante do Grupo de pesquisa Livros e outras mídias, USP.

Referências

ASSOCIAÇÃO NACIONAL DAS LIVRARIAS (ANL); GFK. Mercado do livro no Brasil/ Números do setor. São Paulo, 2021. Disponível em: <https://www.anl.org.br/v1/numeros-do-setor/ >. Acesso em 11 dez. 2021.

BARBIER, Frédéric. A Europa de Gutenberg: o livro e a invenção da modernidade ocidental (Séculos XIII-XVI). São Paulo: Edusp, 2018.

BARCELLOS, Marília de Araujo (coord). Leitura e consumo de livros na Facos, projeto de pesquisa, Santa Maria: Universidade Federal de Santa Maria, 2021.

BUENO, Mariana. O livro como elemento do desenvolvimento socioeconômico. In: LOUZADA, Daniel (org.). Livros para todos: ensaio sobre a construção de um país de leitores. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2021.

CÂMARA BRASILEIRA DO LIVRO (CBL); SINDICATO NACIONAL DOS EDITORES DE LIVRO (SNEL); NIELSEN. Pesquisa produção e vendas no setor editorial brasileiro. São Paulo, 2020. Disponível em <https://snel.org.br/pesquisas/>. Acesso em 10 nov. 2021.

COHEN, Philip N. Opinion: Generation labels mean nothing. It’s time to retire them. The Washington Post, Washington, DC, 7 jun. 2021. Disponível em <https://www.washingtonpost.com/opinions/2021/07/07/generation-labels-mean-nothing-retire-them/>. Acesso em 8 jan. 2022.

DORSEY, Jason; VILLA, Denise. Zconomy: como a geração Z vai mudar o futuro dos negócios – e o que fazer diante disso. Rio de Janeiro: Agir, 2021.

ENDO, Whaner. Olhar digital - Um mapa editorial para avaliar a presença do livro digital no Brasil. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE CIÊNCIAS DA COMUNICAÇÃO, 44., GP PRODUÇÃO EDITORIAL, 2021, Virtual. Anais...Virtual: Intercom, 2021. Disponível em: <https://www.portalintercom.org.br/eventos1/congresso-nacional/20213>. Acesso em 10 nov. 2021.

FAILLA, Zoara. O brasileiro que lê, lê o quê? In: LOUZADA, Daniel (org). Livros para todos: ensaio sobre a construção de um país de leitores. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2021.

GURBANOV, Bernardo. Mais respiradores e menos tributos para as livrarias do Brasil. In: LOUZADA, Daniel (org). Livros para todos: ensaio sobre a construção de um país de leitores. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2021.

INSTITUTO PRÓ-LIVRO. Retratos da leitura no Brasil. São Paulo, 2019. Disponível em: <https://www.prolivro.org.br/5a-edicao-de-retratos-da-leitura-no-brasil-2/a-pesquisa-5a-edicao/>. Acesso em 12 dez. 2021.

LOBÃO, Luis; ZILLI, Carlos. A Jornada da transformação digital. São Paulo: Lamonica, 2020.

MORIN, Edgar. É hora de mudarmos de vida. Rio de Janeiro: Bertrand, 2020.

NETO, Leonardo. Maio foi melhor do que abril. Ainda assim, varejo de livro registra queda de 33%. PublishNews, São Paulo, 2 jun. 2020. Disponível em < https://www.publishnews.com.br/materias/2020/06/02/maio-foi-melhor-do-que-abril.-ainda-assim-varejo-de-livro-registra-queda-de-33>. Acesso em 1 dez. 2021.

PISA 2018 revela baixo desempenho escolar em leitura, matemática e ciências no Brasil. Portal do MEC, Brasília, 3 de dez. de 2019. Disponível em< http://portal.mec.gov.br/busca-geral/211-noticias/218175739/83191-pisa-2018-revela-baixo-desempenho-escolar-em-leitura-matematica-e-ciencias-no-brasil>. Acesso em 29 dez. 2021.

% da geração Z preferem empresas com práticas sustentáveis, diz pesquisa. Poder 360, Brasília, 5 set. 2021. Disponível em <https://www.poder360.com.br/pesquisas/42-da-geracao-z-preferem-empresas-com-praticas-sustentaveis-diz-pesquisa/>. Acesso em 11 jan. 2021.

RONSINI, Veneza Mayora. Mercadores de sentido: consumo de mídia e identidades juvenis. Porto Alegre: Sulina 2007.

SINDICATO NACIONAL DOS EDITORES DE LIVRO (SNEL); NIELSEN BOOK. Pesquisa Painel do varejo de livros no Brasil. São Paulo, 2021. Disponível em < https://snel.org.br/pesquisas/>. Acesso em 1 nov. 2021.

SOCIEDADE BRASILEIRA DE VAREJO E CONSUMO – SBVC. Estudos novos hábitos digitais em tempos de Convid-19. São Paulo, 14 mai. de 2020. Disponível em< https://sbvc.com.br/novos-habitos-digitais-em-tempos-de-covid-19/>. Acesso em 14 mai. 2021.

THOMPSON, John B. Mercadores de Cultura: o mercado editorial no século XXI. São Paulo: Unesp, 2013.

UFSM sobe no ranking das melhores universidades da América Latina segundo a THE. UFSM, Santa Maria, 2 ago. 2021. Disponível em<https://www.ufsm.br/pro-reitorias/prograd/sisu/2021/08/01/ufsm-sobe-no-ranking-das-melhores-universidades-da-america-latina-segundo-a-the/>. Acesso em 29 dez. 2021.

WORLD Development Report 2018: Learning to realize education’s promise. World Bank, Washington, 4 out. 2017. Disponível em <https://elibrary.worldbank.org/doi/abs/10.1596/978-1-4648-1096-1>. Acesso em 29 dez. 2021.

Downloads

Publicado

2022-01-19 — Atualizado em 2022-01-27

Versões

Como Citar

de Araujo Barcellos, M. (2022). Leitura e consumo de livros, no Brasil, em tempos de COVID-19. Revista Mídia E Cotidiano, 16(1), 110-129. https://doi.org/10.22409/rmc.v16i1.52556 (Original work published 19º de janeiro de 2022)