A “Onda Verde”: análise discursiva dos programas eleitorais da campanha de Marina Silva à presidência

Autores

  • Marco Túlio Sousa UFMG
  • Cícero Costa Villela UFJF

DOI:

https://doi.org/10.22409/ppgmc.v1i1.9680

Resumo

Neste trabalho, pretendemos analisar um dos principais elementos da campanha de Marina Silva à presidência, o Horário de Propaganda Eleitoral Gratuito. Tentamos compreender de que forma seu discurso articula diferentes formações discursivas – como a ecológica e a religiosa - na produção de sentido para a política e para sua atuação. Para isso, mobilizamos o aparato analítico e conceitual da Análise de Discurso Franco-Brasileira na tentativa de entender os processos de produção de sentido e perceber quais são as bases ideológicas que permitem a produção das falas de Marina Silva.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marco Túlio Sousa, UFMG

Mestrando pelo Programa de Pós-Graduação em Comunicação da UFMG. Pesquisador do Núcleo de Estudos Tramas Comunicacionais. Bolsista da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior – CAPES. Sua pesquisa envolve aspectos discursivos em produtos midiáticos de denominações religiosas pentecostais.

Cícero Costa Villela, UFJF

Graduando em Comunicação Social/ Jornalismo pela UFJF. Bolsista do Programa de Educação Tutorial no período de 2008-2012, atuando em ensino, pesquisa e extensão. Realiza pesquisas em Comunicação Política e Análise de Discurso.

 

Referências

ALEXANDRE, Agripa de Faria. A perda de radicalidade do movimento ambientalista brasileiro uma nova contribuição à critica do movimento. In: Revista do Mestrado em Educação Ambiental da UFRG, vol. 10. Porto Alegre, 2003. Disponível em: http://www.seer.furg.br/ambeduc/article/view/899 Acesso: 15/08/2012

CASTELLS, Manuel. O poder da identidade. 5. ed. São Paulo: Paz e Terra, 2006.

DIAS, Célia Regina da Silva. As antinomias discursivas da Ecologia Política: uma análise baseada na experiência do Partido Verde no Rio de Janeiro, 1986-1992. In: ALIMONDA, Héctor (org.) Ecologia e Política: Naturaleza, Sociedad y Utopia. Buenos Aires, Ed CLACSO, p. 101-114, 2002. Disponível em: http://168.96.200.17/ar/libros/ecologia/dias.pdf Acesso: 20/08/2012

ELIADE, Mircea. O sagrado e o profano: a essência das religiões. Lisboa (Portugal): Edição Livros do Brasil, s.d.

GÓES, Ione. Movimentos ambientalistas: Trajetória Histórica. Disponível em: www.juvencioterra.com.br/virtual/texto_ambientalistas.doc. [s.d] Acesso: 20/09/2011.

MARIANO, Ricardo. NeoPentecostais: sociologia do novo pentecostalismo no Brasil. São Paulo: Loyola, 1999.

ORLANDI, Eni P. Análise de discurso: Princípios e Procedimentos. Campinas: SP, Pontes Editores, 2005.

PÊCHEUX, Michel. O discurso: estrutura ou acontecimento. Tradução: Eni Pulccinelli Orlandi. 2. Ed.. Campinas: SP, Pontes, 1997.

Downloads

Publicado

2012-12-30