Chamadas v.14 n.28 e n.29

2021-03-07

Chamada v. 14 - n. 28 - Prazo de submissão - de 01/05/21 a 30/11/21 [encerrado]
Publicação: abril de 2022

TEMA - ESCREVER E LER HOJE
Org. Maria Lucia Wiltshire de Oliveira (UFF) e Ângela Beatriz de Carvalho Faria (UFRJ)

Reflexões e práticas de leitura e escrita no âmbito das literaturas de língua   portuguesa (Portugal e África) sob a experimentação intuitiva de novas formas e gêneros literários. Escrever "com". Relação entre afecção, imagem e pensamento: uma “espiritualidade” (cf. Maffesoli, 2019) voltada à ressacralização da natureza e um “humanismo” (cf. Lévinas, 1972) em face do outro e do coletivo. A tradição da escrita feminina de raízes no cotidiano e sua  resistência ao  desencanto contemporâneo. Uma pedagogia “outra” para além da mitificação da Literatura. Serão bem-vindos artigos sobre a obra de Maria Gabriela Llansol – 90 anos (1931-2021).

Chamada v. 14 - n. 29 - Prazo de submissão - de 01/11/21 a 31/05/22
Publicação: novembro de 2022

TEMA - LITERATURA E OUTRAS ARTES
Org.: Livia Apa ( Universidade de Nápoles “L’Orientale”) e Júlio Machado (UFF)

O interesse pelas relações entre a escrita literária e as demais linguagens artísticas vem de longa data. Muito antes de o termo 'intermidialidade' difundir-se por meios jornalísticos e acadêmicos, teóricos da antiguidade já apontavam para a intrínseca relação da poesia com a música (Aristóteles) ou com as artes plásticas (Horácio). Da antiguidade ao contemporâneo, o que se destaca, mais do que um simples conjunto de relações entre linguagens estanques e cristalizadas, é uma interpenetração profunda e constante por meio da qual cada modalidade de linguagem se reconfigura ao mesmo tempo em que é, ela própria, reconfigurada pelas demais. Por vezes, a dificuldade de se superar os modelos de representação (de si e do outro) e o anseio pela renovação da própria ideia de representação forneceram estímulos decisivos para a aproximação e o cruzamento das várias linguagens artísticas. No âmbito das literaturas em língua portuguesa, destaca-se o fato de que tal interpenetração ocorreu em meio a processos de colonização que ora mobilizaram o fazer artístico em prol do ideário colonial e ora o fizeram em contraposição a esse mesmo ideário. Solicita-se, pois, para o número 29 da revista Abril (NEPA/UFF), a submissão de artigos que discutam as relações entre a literatura e as demais linguagens artísticas em Portugal e nos países africanos de língua oficial portuguesa, especialmente os que discutam tais relações em sua interface com os contextos de colonialidade e/ou pós-colonialidade em que se deram.