POLÍTICAS EDUCACIONAIS PARA O ENSINO SUPERIOR DE 2003 A 2012: expansão, precarização e privatização

Denise Bessa Léda, Ana Paula Ribeiro de Sousa

Resumo


O presente artigo analisa a contrarreforma da educação superior no Brasil e discute como as políticas para a educação superior fomentadas entre 2003 e 2012 se configuram como uma continuidade do projeto de reestruturação desse nível de ensino, na esteira das orientações dos Organismos Internacionais, nos marcos das reformas neoliberais iniciadas na década de 1990. Conclui que, em que pese o discurso da “democratização” e a efetiva expansão quantitativa de vagas e matrículas, as políticas de educação superior têm alavancado o processo de empresariamento do setor e a precarização da Universidade pública.

Palavras-chave: Contrarreforma do ensino superior; Políticas Públicas; Expansão; Precarização; Privatização.


Texto completo:

PORTUGUÊS


DOI: https://doi.org/10.22409/mov.v5i8.455

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

 Fontes de indexação:

                                                                              

 

 

Apoio:

 

                                                                  

   

 

                              

 

 

 

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional

click counter
click counter
click counter