OS FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO: é possível uma escola sem partido?

Leonardo José Pinho Coimbra, Ana Paula Ribeiro de Sousa

Resumo


O trabalho aborda a questão dos fundamentos da educação, a partir de três dimensões específicas: a dimensão histórico-material, a dimensão político-ideológica e a dimensão filosófico-cultural, no intuito de compreender como se materializam as práticas educativas, tanto formais quanto informais, no interior da sociedade. A compreensão a que chegamos, resultante das análises dos processos educativos em sociedade, é que toda educação/formação de indivíduos é condicionada por aspectos históricos e objetivos, que fazem desse processo uma prática subjetiva-objetiva responsável por imprimir nas pessoas valores, significados e conhecimentos que embasarão sua inserção na comunidade em que vivem; logo toda educação é política.


Texto completo:

ESP (Español (España)) PORT

Referências


ADORNO, Theodor Wiesengrund. Mínima moralia. Lisboa, Portugal: Edições 70, 1951.

ADORNO, Theodor Wiesengrund. Prismas: crítica cultural e sociedade. São Paulo: Ática, 1998.

ADORNO, Theodor Wiesengrund. Teoria da semicultura. Primeira Versão. Porto Velho: Editora Universidade Federal de Rondônia, Ano IV, Vol. XIII, Nº 191, maio/Agosto, 2005.

ADORNO, Theodor Wiesengrund. Educação e emancipação. São Paulo: Paz e Terra, 2011.

ADORNO, Theodor Wiesengrund; HORKHEIMER, Max. Dialética do esclarecimento: fragmentos filosóficos. Rio de Janeiro: Zahar, 1985.

ARENDT, Hannah. A condição humana. 10 ed. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2007.

CORTELA, Mário. Sérgio. Política: para não ser idiota. 9 ed. Campinas, SP: Papirus 7 Mares, 2012. (Coleção Papirus Debate).

COUTINHO, Carlos. Nelson. Marxismo e política: a dualidade de poderes e outros ensaios. São Paulo: Cortez, 1994.

CROCHÍK, José. Leon. A ideologia da racionalidade tecnológica e a personalidade narcisista. Tese (Livre-Docência) – Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo. São Paulo, 1999.

CROCHÍK, José. Leon. O desencanto sedutor: a ideologia da racionalidade tecnológica. Inter-Ação: Rev. Fac. Educ. UFG, v. 28, n. 01, pp. 15-35, jan./jun., 2003.

GORENDER, Jacob. O nascimento do materialismo histórico. IN: A ideologia alemã. São Paulo: Martins Fontes, 1998. (Clássicos).

HOBBES, Thomas. Leviatã, ou Matéria, forma e poder de um Estado eclesiástico e civil. São Paulo: Martin Claret, 2009. (Coleção a obra-prima de cada autor. Série Ouro; 1).

KANT, Immanuel. Resposta à questão: o que é Esclarecimento? Revista Cognitio, v. 13, n. 1, pp. 145154, jan./jun. São Paulo, 2012.

MANACORDA, Mario. Alighiero. História da educação: da antiguidade aos nossos dias. 11 ed. São Paulo: Cortez, 2004.

MARCUSE, Herbert. O homem unidimensional: estudos da ideologia da sociedade industrial avançada. São Paulo: EDIPRO, 2015.

MARX, Karl. Contribuição à crítica da economia política. 2 ed. São Paulo: Expressão Popular, 2008.

MARX, Karl; ENGELS, F. A ideologia alemã. São Paulo: Martins Fontes, 1998. (Clássicos).

MARX, K.; ENGELS, Friedrich. Manifesto do Partido Comunista. São Paulo: Martin Claret, 2000. (Coleção obra-prima de cada autor, n. 44).

MASCARO, Alysson Leandro. Estado e forma política. São Paulo: Boitempo, 2013.

ORSO, José. Paulino. A educação na sociedade de classes: possibilidades e limites. IN: ORSO, José Paulino; GONÇALVES, Sebastião Rodrigues; MATTOS, Valci Maria (orgs.). Educação e lutas de classes. São Paulo: Expressão Popular, pp. 49-64. 2008,

ROUSSEAU, Jean-Jacques. Do contrato social: ou o princípio do direito político. São Paulo: Martin Claret, 2006. (Coleção obra-prima de cada autor, 46).

SAFATLE, Vladimir. Adorno e a crítica da cultura como estratégia da crítica da razão. Artefilosofia, Ouro Preto, n. 07, pp. 21-30, out., 2009.

SAVIANI, Dermeval. O trabalho como princípio educativo frente às novas tecnologias. IN: FERETTI, Celso João; et al (orgs.). Tecnologias, trabalho e educação: um debate multidisciplinar. 9 ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 1994.

SAVIANI, Dermeval. Trabalho e educação: fundamentos ontológicos e históricos. Revista Brasileira de Educação, v. 12, n. 34, jan./abr. pp. 152-165. 2007.

SAVIANI, Dermeval. Democracia, educação e emancipação humana: desafios do atual momento brasileiro. Psicologia Escolar e Educacional, SP, vol. 21, n. 3, set./dez. pp. 653-662. 2017.

SEVERINO, Antônio Joaquim. Fundamentos ético-políticos da educação no Brasil hoje. In: LIMA, Júlio César França (org.). Fundamentos da educação escolar do Brasil contemporâneo. Rio de Janeiro: Editora FIOCRUZ, pp. 289-320. 2006.

ZUIN, Antônio Álvaro Soares; PUCCI, Bruno; RAMOS-DE-OLIVEIRA, Newton. Adorno: o poder educativo do pensamento crítico. 2ª ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2000.




DOI: https://doi.org/10.22409/mov.v0i11.38144

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

 Fontes de indexação:

                                                                              

 

 

Apoio:

 

                                                                  

   

 

                              

 

 

 

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional

click counter
click counter
click counter