Submissões

A revista não está aceitando submissões neste momento.

Condições para submissão

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.
  • A contribuição é original e inédita, e não está sendo avaliada para publicação por outra revista; caso contrário, deve-se justificar em "Comentários ao editor".
  • O arquivo da submissão está em formato Microsoft Word (.doc ou .docx)
  • URLs para as referências foram informadas quando possível.
  • O texto segue os padrões de estilo e requisitos bibliográficos descritos em Diretrizes para Autores, na página Sobre a Revista.
  • Em caso de submissão a uma seção com avaliação pelos pares (ex.: artigos), as instruções disponíveis em Assegurando a avaliação pelos pares cega foram seguidas.
  • O texto submetido não foi publicado em outro periódico ou em capítulo de livro. Trata-se de contribuição inédita.

Diretrizes para Autores

Normas para publicação da revista Sede de Ler

Última atualização: 17/08/2021

 1. Poderão ser encaminhados à Revista Sede de Ler textos de natureza científica, tais como relatos de experiência, ensaios, artigos e resenhas, além de textos de natureza literária inéditos, tais como contos, poemas, crônicas, etc.

1.1. Cada autor pode submeter apenas um texto por número da revista e, tendo tido um texto aprovado e publicado, só poderá voltar a publicar na Revista Sede de Ler após o interstício de 2 números.

2. A Revista Sede de Ler aceita escritos em língua portuguesa com até 4 (quatro) autores. Não há exigência de titulação mínima.

§ 1º Somente serão aceitos um texto por autor em cada edição.

3. Os textos de natureza científica deverão passar por software antiplágio. Junto ao texto submetido para avaliação, é necessário anexar o relatório emitido pelo software utilizado por meio da opção Documentos Suplementares. Indicamos o software CopySpider, por possuir uma versão de uso gratuita que pode ser encontrada em https://copyspider.com.br/main/pt-br/download

4. Os textos de natureza científica deverão estar acompanhados de resumo e palavras-chave no idioma do texto e em idioma estrangeiro (inglês, francês ou espanhol), exceto as resenhas. 

§ 1º É proibida a tradução de artigos publicados na Revista para outro idioma sem a autorização da Coordenação Editorial.

5. Ao publicar seu material na revista Sede de Ler, o/a autor/a demonstra que está de acordo com os termos a seguir:

a) Seus direitos autorais serão mantidos, mas o direito à primeira publicação do material é concedido à revista. Concomitantemente, o material será licenciado sob a Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional (CC BY-NC 4.0) – assim, o/a autor/a estará autorizado/a a compartilhar o material, contanto que sejam indicadas a autoria e a primeira publicação na revista Sede de Ler.

b) O/a autor/a está autorizado/a a divulgar esta versão do material em outros âmbitos, em contratos para publicação em livros ou repositórios, contanto que sejam indicadas a autoria e a primeira publicação pela revista Sede de Ler.

c) Antes ou durante o processo editorial, após aprovação do material pela revista Sede de Ler, o/a autor/a tem autorização e incentivo para divulgar e publicar seu material online, como em páginas pessoais, redes sociais ou repositórios institucionais, uma vez que, dessa forma, é possível criar oportunidades de citação e aumento do impacto da publicação (ver O Efeito do Acesso Livre).

6. Os trabalhos enviados serão avaliados às cegas por pareceristas ad-hocs. Os avaliadores emitirão parecer sobre os trabalhos recebidos de tal forma que poderão: a) aprovar o trabalho; b) aprovar o trabalho mediante alterações que julguem necessárias; ou c) reprovar o trabalho enviado. Em caso de um parecer favorável e outro contrário, o trabalho será enviado a um terceiro parecerista ad hoc.

§ 1º Os trabalhos que requererem alterações, sem a necessidade de um novo parecer, serão encaminhados aos autores para procederem às modificações sugeridas e, num prazo de até dez (10) dias corridos, os textos corrigidos devem ser enviados de volta à Revista por meio da plataforma OJS. Já os trabalhos que, após as devidas alterações, requererem um novo parecer, deverão ser encaminhados à Revista por meio da plataforma OJS em um prazo de até 60 dias corridos. Em caso de eventual aprovação, estes poderão ser publicados em até três edições futuras. Não tendo retorno por parte do autor após o prazo de 60 dias, o trabalho será rejeitado automaticamente. 

7. Com relação ao envio de textos literários (crônicas, contos, poemas, etc), solicita-se que:

a) o texto enviado esteja no formato de arquivo .doc ou .docx e ocupe no máximo de 10 (dez) páginas de folha tamanho A4;

b) o título seja digitado em fonte Times New Roman 14;

c) o corpo do texto seja formatado em fonte Times New Roman 12 – entrelinhas 1,5 (quando texto em prosa) – todas as margens 2,5 – tabulação 1,25 para iniciar os parágrafos – alinhamento justificado (se texto em prosa);

d) o texto enviado seja autoral, pois não será aceito nenhum tipo de material publicitário;

e) o texto não contenha ilustrações, gráficos ou quaisquer tipos de imagens;

f) o texto não possua notas de rodapé.

g) Um breve currículo de cada um dos autores deve ser inserido em “Resumo da Biografia”, no momento de submissão do texto. O resumo poderá conter o link do currículo lattes/CNPq ao final. Salientamos que o resumo inserido nos metadados do artigo, no momento de submetê-lo via sistema, será inserido na publicação, após avaliação cega.

8. Com relação ao envio dos textos de natureza científica:

a) O texto deverá ser feito no programa Word ou compatível, enviado em arquivo .doc ou .docx, em página A4 (21 x 29,7cm).

b) O texto deverá ter no mínimo 10 páginas e no máximo 15 páginas digitado em fonte Times New Roman  12 – entrelinhas 1,5 – todas as margens do texto de 2,5 – tabulação 1,25 para iniciar os parágrafos – alinhamento justificado.

c) O título do texto deverá ser formatado com fonte Times New Roman, tamanho 12, em caixa alta (maiúsculas), negrito, centralizado, entrelinhas simples.

d) Nas versões enviadas após revisão de aceite dos pareceristas, o(s) nome(s) do(s) autor(es) deverá(ão) ser inseridos duas linhas abaixo do título, fonte Times New Roman, tamanho 12, alinhamento à direita, entrelinhas simples, colocando, ao lado, a SIGLA de sua afiliação institucional.

e) O resumo deve contar na segunda linha abaixo do(s) nome(s) do(s) autor(es). Deve ter entre 150 e 250 palavras e, na linha seguinte, as palavras-chave (até três). A seguir, devem constar resumo e palavras-chave em língua estrangeira (inglês, espanhol ou francês).

f) Um breve currículo de cada um dos autores deve ser inserido em “Resumo da Biografia”, no momento de submissão do texto. O resumo poderá conter o link do currículo lattes/CNPq ao final. Salientamos que o resumo inserido nos metadados do artigo, no momento de submetê-lo via sistema, será inserido na publicação, após avaliação cega.

g) Os títulos de seções primárias devem estar à esquerda, em caixa-alta, negrito, sem entrada de parágrafo e fonte tamanho 12.

h) Os títulos de seções secundárias a quinárias devem estar em caixa-baixa, negrito, sem entrada de parágrafo e fonte tamanho 12.

i) Os artigos não devem conter notas de rodapé. Nesse sentido, as notas explicativas, quando necessárias, devem ser inseridas no formato de notas de fim. Devem ser inseridas antes das referências e não devem ser usadas para indicação bibliográficas.

j) Com relação às citações:

j.1) As citações de até três linhas devem estar no corpo do texto. Dessa forma, as citações devem ocorrer com o autor sendo citado entre parênteses pelo sobrenome, separado por vírgula do ano de publicação e página, no seguinte exemplo:

Importante salientar que para Mário Puhl, “o princípio não é estático, absoluto e imutável. É uma referência constituída que baliza, orienta, guia a ação a ser empreendida. É um ponto de partida ou fundamento de um processo qualquer” (PUHL, 2016, p. 224).

j.2) Se o nome do autor estiver citado no texto, não ocorrendo citação direta, indica-se apenas a data entre parênteses, conforme exemplo:

“Não é gratuitamente que Dermeval Saviani (1984) afirma que....”

j.3) Se o nome do autor estiver citado no texto, sendo uma citação direta, indica-se, primeiramente, a data entre parênteses e após a citação o número da página, conforme exemplo:

“Althusser (2013[1970]) defende que “a ideologia representa a relação imaginária de indivíduos com suas reais condições de existência” (p.126)

j.4) Quando forem realizadas citações com mais de três linhas, elas devem seguir as seguintes normas de formatação:

- recuo de 4cm (quatro centímetros), espaçamento simples e corpo tamanho de 11 (onze).

j.5) Caso haja duas referências de um mesmo autor, deve-se repetir o sobrenome (o mesmo não deve mais ser substituído por traços). No corpo do texto, os sobrenomes também devem ser repetidos.

k) As imagens dispostas no corpo do texto, com alinhamento centralizado, podem ser coloridas ou em P&B, configuradas em formato jpg, com resolução mínima de 100 dpi e máxima de 150 dpi, com tamanho de 7x5cm, o mínimo e/ou 15x10cm o máximo.

Obs.: O autor terá responsabilidade sobre os direitos autorais das imagens anexadas ao final do texto.

k.1) As legendas deverão ser indicadas abaixo das imagens com fonte Times New Roman, corpo 11, alinhamento justificado centralizado, entrelinhas simples. As imagens deverão ser numeradas e referidas no corpo do texto. A autoria ou a origem da imagem deverá fazer parte da legenda.

l) - Para a apresentação das referências citadas no texto, utilizar a fonte Times New Roman, alinhamento à esquerda, entrelinhas simples. Pular uma linha simples entre uma referência e outra.

Exemplos de referências:

  • Livros:

ROBIN, R. A memória saturada. Campinas: Editora da UNICAMP, 2014

  • Capítulo de livros:

PÊCHEUX, M. Análise automática do discurso (AAD 69). In: GADET, F; HAK, T. Por uma análise automática do discurso: uma introdução à obra de Michel Pêcheux. Campinas: Editora da UNICAMP, 2014b.

  • Dissertações e teses:

POLACHINI, B. S. Uma história serial e conceitual da gramática brasileira oitocentista de língua portuguesa. 2017. Tese (Doutorado em Semiótica e Linguística Geral) - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2017. Acesso em: 2019-11-30.

  • Artigos de periódicos:

ORLANDI, E. P. Efeitos do verbal no não verbal. Revista Rua – Revista do Laboratório de Estudos Urbanos do Núcleo de Desenvolvimento da Criatividade. Campinas, São Paulo: Unicamp/Nucredi, n. 1, 1995.

  • Publicação On-line – Internet

DIAS, G. Canção do Exílio. Disponível em: < http://www.dominiopublico.gov.br/download/texto/bn000100.pdf> Acesso em 16/09/2019.

m) O recurso tipográfico itálico deve ser utilizado para destacar o elemento título das obras no decorrer do texto, de acordo com a norma.

Para demais questões, envie e-mail para revistasededeler@gmail.com.

Política de Privacidade

Os nomes e endereços informados nesta revista serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.

Ao publicar seu material na revista Sede de Ler, o/a autor/a demonstra que está de acordo com os termos a seguir:

a) Seus direitos autorais serão mantidos, mas o direito à primeira publicação do material é concedido à revista. Concomitantemente, o material será licenciado sob a Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional (CC BY-NC 4.0) – assim, o/a autor/a estará autorizado/a a compartilhar o material, contanto que sejam indicadas a autoria e a primeira publicação na revista Sede de Ler.

b) O/a autor/a está autorizado/a a divulgar esta versão do material em outros âmbitos, em contratos para publicação em livros ou repositórios, contanto que sejam indicadas a autoria e a primeira publicação pela revista Sede de Ler.

c) Antes ou durante o processo editorial, após aprovação do material pela revista Sede de Ler, o/a autor/a tem autorização e incentivo para divulgar e publicar seu material online, como em páginas pessoais, redes sociais ou repositórios institucionais, uma vez que, dessa forma, é possível criar oportunidades de citação e aumento do impacto da publicação (ver O Efeito do Acesso Livre).