Margeando o ponto de saturação: Reorganização democrática, direito à memória e crítica cultural no cone-sul latino-americano

Silvia Cáceres

Resumo


No presente trabalho pretendemos apontar o vínculo que enxergamos entre processo de desinstitucionalização atual desta rede de intelectuais e uma leitura encontrada dentro desta mesma rede acerca do que seria um processo de saturação do discurso transicional, discurso que certamente extrapola o âmbito jurídico, constituindo um marco central do que Beatriz Sarlo nominou “cenas da vida pós-moderna” no Cone Sul latino-americano (SARLO, 2006).

Palavras-chave


Justiça de Transição; direito à memória; estudos culturais britânicos

Texto completo:

PDF

Referências


GARRETÓN, Manuel Antonio. Os Direitos Humanos nos Processos de Democratização.

In: JELIN, E. & HERSHBERG, E. (orgs.) Construindo a Democracia: direitos humanos,

cidadania e sociedade na América Latina. São Paulo: EDUSP. 2006.

GRAMSCI, Antonio. Maquiavel, a Política e o Estado Moderno. Rio de Janeiro:

Civilização Brasileira. 1991.

HABERMAS, Jürgen. Citizenship and National Identity.

HABERMAS, Jürgen. Três Modelos Normativos de Democracia. In: A Inclusão do Outro:

estudos de teoria política. Rio de Janeiro: Loyola. 2002a. p. 269-284.

HABERMAS, Jürgen. On Legitimation through Human Rights. In: De GREIFF, P. &

CRONIN, C.(edit.) Global Justice and Transnational Politics: essays on the moral and

political challenges of globalization. Massachusetts: MIT Press. 2002b.

HABERMAS, Jürgen. A Luta por Reconhecimento no Estado Democrático de Direito. In:

A Inclusão do Outro: estudos de teoria política. Rio de Janeiro: Loyola. 2002c. p. 229-268.

MARQUES, Elidio Alexandre Borges. Imperialismo e Direitos Humanos no século XXI:

restrições legais e violações diretas às liberdades individuais na atual fase de acumulação

capitalista. Tese de doutorado. Rio de Janeiro: UFRJ. 2006.

LEFRANC, Sandrine. Aquello que no se Conmemora. ¿ Democracias sin un Pasado

Compartido? In: Revista de Ciencia Política. v. 23, n. 2. Santiago do Chile: Pontificia

Universidad Catolica de Chile. 2003. Disponível online em:

http://www.scielo.cl/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0718-

X2003000200011&lng=pt&nrm=iso>. ISSN 0718-090X. Acessado em 24 de

novembro de 2008.

POULANTZAS, Nicos. A Materialidade Institucional do Estado. In: O Estado, O Poder, o

Socialismo. Rio de Janeiro: Edições Graal. 1980.

TEITEL, RUTI. Transitional Justice Genealogy. 2001. Disponível em:

http://www.law.harvard.edu/students/orgs/hrj/iss16/teitel.shtml Acessado em 24 de

novembro de 2008.




DOI: https://doi.org/10.22409/conflu13i2.p308

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Confluencias



A Revista Confluências é Qualis B1.

Esta revista encontra-se indexada em:

 

Resultado de imagem para bielefeld base